domingo, janeiro 28, 2007


Todos os dias devíamos ouvir um pouco de música, ler uma boa poesia, ver um quadro bonito e, se possível, dizer algumas palavras sensatas. Goethe

QUEM MORRE?

Morre lentamente quem não viaja, quem não lê, quem não ouve música, quem não encontra graça em si mesmo. Morre lentamente quem destrói o seu amor-próprio, quem não se deixa ajudar. Morre lentamente quem se transforma em escravo do hábito, repetindo todos os dias os mesmos trajectos, quem não muda de marca, não arrisca a vestir uma nova cor ou não conversa com quem não conhece. Morre lentamente quem faz da televisão o seu guru. Morre lentamente quem evita uma paixão, quem prefere o preto sobre o branco e os pontos sobre os "is" em detrimento de um redemoinho de emoções, justamente as que resgatam o brilho dos olhos, sorrisos dos bocejos, corações aos tropeços e sentimentos... Morre lentamente quem não vira a mesa quando está infeliz com o seu trabalho, quem não arrisca o certo pelo incerto para ir atrás de um sonho, quem não se permite pelo menos uma vez na vida fugir dos conselhos sensatos. Morre lentamente, quem passa os dias queixando-se da sua má sorte ou da chuva incessante. Morre lentamente, quem abandona um projecto antes de inicia-lo, não pergunta sobre um assunto que desconhece ou não responde quando lhe indagam sobre algo que sabe. Evitemos a morte em dose suaves, recordando sempre que estar vivo exige um esforço muito maior do que o simples fato de respirar. Somente a perseverança fará com que conquistemos um estágio esplêndido de felicidade...

Pablo de Neruda

domingo, janeiro 21, 2007

1º Encontro do Clube de Origami do Porto (COP)































O espaço Maus Hábitos, acolheu o 1º encontro do COP, que decorreu ontem dia 20 de Janeiro.
Foi um encontro informal, sem ser um workshop, sem muitas regras, o objectivo era mesmo participar. Cada um contribuiu um pouco ora com quadradinhos de papel, ora com ensinamento de modelos já aprendidos.
Foi tempo de muito convívio, muita partilha, as horas pareciam ter voado. Estamos todos ansiosos com o próximo segundo encontro.

Aqui ficam algumas das fotos:

sábado, janeiro 20, 2007

Os meus novos furadores....


Um trevo e uma Flor-de-Lis

Origami Papers Swap


To Phoenix (USA)


I am a
Snapdragon


What Flower
Are You?


quinta-feira, janeiro 18, 2007

Música do momento

Para ouvir uns samplers: Siempre-Il-Divo


Este é um daqueles dias em que não consegui deixar o meu trabalho à porta da escola. Trouxe comigo pequenos
retalhos da minha sala de aula…

















A Joana, está a dar os seus passos na leitura e escrita.



terça-feira, janeiro 16, 2007


Às vezes, é preciso esquecer um pouco a pressa e prestar mais atenção em todas as direções ao longo do caminho. A pressa cega os olhos. E deixamos de observar tantas coisas boas e belas que acontecem ao nosso redor.
Às vezes, o que precisamos está tão próximo... Passamos, olhamos, mas não enxergamos.
Não basta apenas olhar. É preciso saber olhar com os olhos, enxergar com a alma e apreciar com o coração.

Take care...

Retorno à Infância...


Um presente da Neuza para mim.

domingo, janeiro 14, 2007

Mail Factory


Aqui ficam algumas dicas e inspirações:

Printables

Só precisam de ser impressos, recortados e colados!

Canon Greetings - Envelopes
Sanwa Supply Paper Museum

Sanrio Envelopes


E por fim descobri que existe uma comunidade no flickr!

Envelope Group on Flickr


Inspirações

Dou-te amor e vida para com elas bordares as palavras para sempre

Eternamente Portugal

Uma mensagem lida algures e que não me sai da cabeça!

Pequenos retalhos, novos projectos

Tenho andado com o tempo um pouco mais ocupado. O meu trabalho tem-me ocupado quase todos os minutos livres, e os poucos que vou tendo tenho-os aproveitados para me esticar no sofazito na companhia da Liz, enquanto vou rabiscando novos projectos.


De momento ando em alta com o origami e confesso que estou a ficar demasiado viciada na dobragem de papelinhos, em qualquer hora e a qualquer lugar eu dou por mim a dobrar incessantemente, sem parar... Não sei aonde isto vai parar, mas pelo menos é um vício saudável!

Tenho projectos para novos carimbos... Inclusivé um abecedário para usar em scrapbook. Aqui fica um link com boas fontes para o efeito e free download:

O tempo é que escassa e o dia às vezes deveria de ter mais de 24 horas.
Ando naquela fase de ter o bloco de notas na mesinha de cabeceira e acordar às tantas da madrugada só porque tive uma ideia... Ai imaginação a quanto obrigas.


Tinha saudades de tricotar lãs, ontem comecei um novo projecto. Mais uma manta que irá nascer, com cores de arco-íris. Aqui fica um pedacinho, depois vou mostrando o resto.
Tinha um link que encontrei para vos mostrar, mas de momento não o consigo encontrar. Mas fica aqui a promessa que depois coloco para verem.


Este fim de semana estive a retirar os restinhos de Natal, espalhados pela casa.... Parece que cada canto fica vazio e o encanto se foi.... Detesto esta parte.... :(



A Beutiful Scrap Paper Project um projecto lindo, que descobri enquanto navegava.

Hoje tenho papéis por todo o lado ehhh... comecei a organizá-los de outra forma, mas confesso que agora me deu um pouquinho de preguiça e aproveitei para escrever este post.

Outros papéis:

Paperjade

sábado, janeiro 13, 2007

Self Portait

Origami


Segundo alguns estudiosos do Origami, o costume de dobrar papéis é tão antigo quanto o surgimento do papel na China, há aproximadamente 1800 anos. No Japão, o papel foi introduzido entre os séculos VI e V por monges budistas chineses. Entretanto, somente a nobreza tinha acesso, por ser considerado um artigo de luxo, utilizado em festas religiosas e na confecçãode moldes de quimonos.

Os japoneses transmitiam as figuras que criavam através da tradição oral, que eram passadas de mãe para filha. Nesta época, somente as dobraduras mais simples eram trabalhadas. As primeiras instruções escritas sobre o Origami surgiram em 1797, com a publicação do "Senbazaru Orikata" (Como Dobrar Mil Garças). A partir daí a população japonesa começou a aprimorar as técnicas do Origami, com a facilidade de que começaram a fabricar o seu próprio papel. Desde 1876, o Origami deixou de ser transmitido apenas dentro da família, passando a ser disciplina integrante do currículo escolar do Japão.

As várias formas de se dobrar papéis possuem diferentes siginificados no Oriente. No Japão, o sapo representa o amor e a fertilidade; a tartaruga, a longevidade, e o tsuru (ave-símbolo do Origami), também conhecido como grou ou cegonha, siginifica boa sorte, felicidade e saúde. Diz ainda uma lenda que quem fizer mil tsurus, com o pensamento voltado para aquilo que deseja alcançar, terá bons resultados.

Mini- tsuru

Aqui ficam alguns links para visitar:



Clube de origami no Porto:

More than words

Elmer at my classroom




domingo, janeiro 07, 2007

terça-feira, janeiro 02, 2007

Memories



Objectivos 2007


(A numeração não indica uma ordem necessária, é apenas um modo de organização)

1. Libertar-me dos meus receios e frustrações. Tenho de acreditar mais em mim e naquilo de que sou capaz!

2. Viajar: Turquia, Egipto, Barcelona... quem sabe... aí vou eu!!! Um interrail, quem sabe seja ainda este ano!

3. Visitar amigos e familiares distantes.

4. Fazer uma big festa de anos! Com os meus amigos e família à mistura.

5. Tirar um curso de fotografia.

6. Fazer dieta e ginasticar porque faz bem ao coração (mente sã em corpo são)!

7. Acampar.

8. Escrever um diário de memórias em collage.

9. Fotografar muito, e com mais qualidade, para mais tarde recordar as aventuras vividas.

10. Participar em feiras de artesanato. E quiça organizar uma!

11. Elaborar muitas bijutarias, conhecer novos materiais, experimentar e criar... criar...

12. Dormir mais!!!

13. Fazer um curso de dança.

14. Ver o pôr-do-sol e passear à beira-mar (e agora que ele está ali tão perto!).

15. Ler os livros que não acabei de ler ou então que sempre desejei ler, mas não lhes dediquei tempo nenhum!

16. Tempo para mim e para as minhas filosofias de vida

17. Continuar a fazer origamis.

18. Ir ao Andanças.

19. Mudar os meus sentimentos em relação aos outros. Por outras palavras aprender a andar com os dois pés sempre atrás.... para depois não me magoar, nem desiludir!

Entre outros....