quarta-feira, dezembro 31, 2008

Feliz 2009
Happy New year

  • Alemão: Glückliches Neues Jahr
  • Búlgaro: Честита Нова Година /Chestita Nova Godina/
  • Catalao: Bon any nou!!
  • Dinamarquês: Nytar
  • Espanhol: Feliz Año Nuevo
  • Esperanto: Feliĉigan Novan Jaron
  • Francês: Heureuse Nouvelle Année
  • Galego: Feliz Aninovo
  • Hebraico: Shaná Tová
  • Inglês: Happy New Year
  • Italiano: Buon Anno - Felice Anno Nuovo
  • Japonês:  明けましておめでとうございます (akemashite omedetou gozaimasu)
  • Russo: Счастливого Нового Года {Schastlivovo Novovo Goda}
  • Sueco: Gott nytt år


Para todos os que passam e deixam os seus comentários, para os amigos e para todos aqueles que de uma forma ou outra contribuem para fazer parte dos Retalhos da Memória , votos de um feliz e próspero Ano Novo.

domingo, dezembro 28, 2008

sexta-feira, dezembro 19, 2008

aBrANdaR


A propósito de um artigo que saiu no suplemento da revista Expresso de Domingo intitulado Abrandar... eu também, já há muito, que sinto que tenho de abrandar o meu ritmo. Em determinadas situações eu até abrandei muito...
Este abrandar deve ser encarado como uma forma de mudança de vida, de atitude, de estilo, numa sociedade que se impera cada vez mais o materialismo, o consumismo, o usa e deita fora... e tem de haver um basta, para o nosso bem. Talvez tenhamos de chegar a tempos mais ancestrais, recorrendo a técnicas, que já os nossos antepassados usavam...

Aproveita tudo o que tens, e quando já nada conseguires fazer com isso, dá-lhe um outro uso, reaproveita, reutiliza, usa a imaginação e criatividade que ainda te resta.

Já pensaram que antigamente as pessoas viviam com muito menos dinheiro e coisas e eram muito mais felizes. Eram felizes com coisas simples que a própria vida e Natureza lhes davam.
As crianças sabiam exactamente brincar e inventar, mesmo não tendo muitos brinquedos...
Vivia-se com a roupa do corpo e com a roupa domingueira (os que a tinham) e ninguém se sentia nem mais nem menos que os outros...

E a vida é simplesmente mais que isso....

As pessoas precisam de abrandar os seus ritmos, olhar mais vezes as coisas a sua volta e serem felizes com muito menos....
Cada um deve abrandar ao seu ritmo e ser feliz....

E eu vou continuara a aBrANdaR também!...

quarta-feira, dezembro 17, 2008

To do....

Este tea coster foi para aqui

- Ainda não fiz a lista mental de presentes de Natal, apenas comprei um por acaso, o presente para o meu pai;
- Tenho alguns presentes handmade para ofertar, mas ainda continuam em projecto na minha cabeça;
- Tenho saudades de dedicar um pouco de mais tempo aos meus crafts, ao meu blog;
- Um dia destes compro uma (bicicleta) pasteleira, e fugir por aí fora (na verdade em sonhos já o fiz)
- Perguntaram-me aqui há dias o que é que eu queria para o Natal... Bem não sei, algo útil e diferente sem ser demasiado caro... Existem alguns livros craft que gostaria de ter... e bem mais não sei, pensem e sejam originais :P
-Tenho muitos bolbos para plantar;
- Gatos que me pedem brincadeira;
- Devo muitas e muitas e muitas horas de sono à cama;
- Sinto-me em dívida com algumas pessoas: só porque não lhes tenho dedicado o tempo que devidamente merecem;
- Estou farta de planear, corrigir, escrever, relatar....
- Tenho saudades de enviar e de receber postais de Natal.... Sinto a falta disso já não recebo há tanto tempo uma carta, a não ser de cartas de facturamento para pagar...
- Tenho uma montanha de roupa para passar a ferro que mais parece o cumo do Everest e pronto é tarefa que vão adiando rrrrsss, mas um dia destes vai....
- Tenho um montão de literaturas que gostaria de colocar em dia!


terça-feira, dezembro 16, 2008

Porque é quase Natal...

lá por casa vão aparecendo pequenos apontamentos de Natal....

Um pouco do meu Natal aprece aqui na BananaCraft

quinta-feira, dezembro 11, 2008

Sobre a necessidade de fomentar a leitura

No Canadá levam estas coisas de incentivar a leitura muito a sério (se calhar é mesmo para levar a sério). Vejam esta campanha da Literacy Foundation do Quebeque, no mínimo desconcertante e que tem como ideia de slogan: “Quando uma criança não lê a imaginação desaparece”.

quarta-feira, dezembro 10, 2008

sexta-feira, dezembro 05, 2008

Um ano e oito meses de nós ♥♥♥

E desde então, sou porque tu és
E desde então és
sou e somos...
E por amor
Serei... Serás...Seremos...

Plabo de Neruda


terça-feira, dezembro 02, 2008

As peças HandCrafted by Guapa estarão disponíveis no stand da Inês Rosa Velho & Orquídea, na FIL de 6 de Dezembro a 14 de Dezembro.

Apareçam, levem os vossos amigos e familiares também!

quarta-feira, novembro 26, 2008

Só porque hoje alguém me fez lembrar...

Que o sonho comanda a vida...

Pedra Filosofal

Eles não sabem que o sonho

é uma constante da vida

tão concreta e definida

como outra coisa qualquer,

como esta pedra cinzenta

em que me sento e descanso,

como este ribeiro manso

em serenos sobressaltos,

como estes pinheiros altos

que em verde e oiro se agitam,

como estas aves que gritam

em bebedeiras de azul.

eles não sabem que o sonho

é vinho, é espuma, é fermento,

bichinho álacre e sedento,

de focinho pontiagudo,

que fossa através de tudo

num perpétuo movimento.


Eles não sabem que o sonho

é tela, é cor, é pincel,

base, fuste, capitel,

arco em ogiva, vitral,

pináculo de catedral,

contraponto, sinfonia,

máscara grega, magia,

que é retorta de alquimista,

mapa do mundo distante,

rosa-dos-ventos, Infante,

caravela quinhentista,

que é cabo da Boa Esperança,

ouro, canela, marfim,

florete de espadachim,

bastidor, passo de dança,

Colombina e Arlequim,

passarola voadora,

pára-raios, locomotiva,

barco de proa festiva,

alto-forno, geradora,

cisão do átomo, radar,

ultra-som, televisão,

desembarque em foguetão

na superfície lunar.


Eles não sabem, nem sonham,

que o sonho comanda a vida,

que sempre que um homem sonha

o mundo pula e avança

como bola colorida

entre as mãos de uma criança.


Para ouvir aqui

terça-feira, novembro 25, 2008



Ainda não tenho o tempo para escrever, para me dedicar ao blog e a outros projectos que tenho em mente e tenho pena...
Tenho pena, porque as horas e os dias passam a correr e eu sinto uma falta imensa e profunda de tudo isto. E quando olho para trás, o tempo passou e não volta mais...
As ideias vão-se acumulando, que nem folhas de Outono que caem e se aconchegam umas à outras no chão.
Às vezes chego até a sentir-me fustrada, não porque o tempo é mal gerido, antes pelo contrário, tenho é coisas em mente a mais para o meu tempo.
Mas não quero que de modo algum, este blog se encha de lamentos...





domingo, novembro 16, 2008

Paleta de cores outonais




Como eu adoro estes tons...
Fazem-me andar ora de olhos postos no céu, ora de olhos nos imensos tapetes de folhas secas que vão aparecendo pelo chão...

Costumo guardar algumas das folhas mais bonitas que encontro em livros antigos...

Nick Drake -Pink Moon

domingo, novembro 09, 2008

To inspire


Um dia deste, quem sabe, tenho um tempinho para fazer uma para mim.

quarta-feira, novembro 05, 2008

Quando o carteiro bate à porta...


É bom chegar a casa, depois de um dia cansativo e ser contemplada com um embrulho como este que a Lena me enviou... Fiquei maravilhada com toda a cor esplendor que le continha. Obrigada Lena, adorei cada detalhe.

terça-feira, novembro 04, 2008

terça-feira, outubro 28, 2008

segunda-feira, outubro 27, 2008

Do fim de semana...

Foto By whgomes

Enquanto esperávamos iam-se tirando umas fotos no para choques do carro,

Se a tradição se cumprir a próxima sou eu... O ramo da noiva veio parar-me às mãos.

Passadeira vermelha com arroz e muitos votos de felicidades.

Sete coisas sobre mim

A Marta enviou-me um pequeno desafio, escrever sete coisas sobre mim, ora aqui vai...
1. Sou muito saudosista. Gosto muito de guardar memórias de momentos e pessoas de que gosto muito... Talvez daí a necessidade deste blog.
2. Sou amiga e boa ouvinte.
3. Gosto de passear na praia, principalmente em dias cinzentos e de frio gélido. Faz-me bem a brisa do mar, o cheiro a maresia, e gosto de ir catando uma concha aqui e outra acolá.
4. Adoro flores e gosto que me ofereçam flores.
5. Não conduzo por medo, por me sentir incapaz de o fazer. Acho que nessa área nasci para ser conduzida e não para conduzir.
6. Gosto muito de reinventar coisas, trabalhar com novos materiais, craftar muito. São coisas que faço apaixonadamente.
7. Adoro gatos, cães e cavalos, mas detesto aranhas.
8. Adoro viajar e conhecer culturas diferentes...

Upss já ia por aí fora...

Regras:
1. Link para a pessoa que nos "etiquetou", escrever estas regras no post.
2. Publicar 7 factos sobre nós mesmos, positivos, negativos ou simplesmente loucos!
3. "Etiquetar" 7 pessoas no fim do post mencionando o seu nome e link para o seu blog.
4. Informá-los de que os "etiquetaram" deixando um comentário no seu blog.


Passo a palavra para:
Lu
Ana
Constança
Rute
Anita
Zélia
Carla

terça-feira, outubro 21, 2008

Ping, ping... plim***


O dia amanheceu chuvoso e triste... E eu tento encher o meu dia de cor.
Hoje arranjei um tempinho para fazer novas sementeiras: salsa, hortelã e outras ervas aromáticas, erva de gato, amores-perfeitos e margaridas.... Agora é esperar umas semanitas e quiçá daqui algum tempo volto a ter a varanda toda florida...
Fez-me bem mexer na terra..

domingo, outubro 19, 2008

Dos meus dias....


Tinha saudades de escrever no meu blog, tinha saudades de ter um fim de semana mais calmo como este foi...

Dos momentos passados a dois....



Da comidinha para dois....Dos nossos passeios...


De fotografar...



Tenho tantas saudades de tantas coisas, mas especialmente de não ter nada para fazer.... Daqueles lazy day's!

Tenho andado sobre imensa pressão a nível de trabalho e isso têm-se reflectido muito em mim, na minha forma de ser, de estar e até mesmo na forma como estou e reago com os outros...

Tenho dias em que desespero por completo e não se consigo aguentar, tenho outros que tento segurar as pontas... mas tem sido muito complicado. Por vezes só me apetece colocar fim a tudo.


Um wip para usar no Sábado à espera de ser terminado...

quarta-feira, outubro 15, 2008

Ondas do Douro

Linda donzela vem à janela que a tuna passa
Ouve este canto que o teu encanto enche de graça
Olha p'ra lua que noite é tua e o trovador
Enamorado canta enlevado trovas de amor.

São teus cabelos ondas que o Douro leva p'ró mar

Lento embalo de melodia que faz sonhar

Barcos Rabelo feitos da esperança de um teu olhar

E a tuna ronda junto à Ribeira p'ra te
cantar.

Linda donzela vem à janela que a tuna passa
Ouve este canto que o teu encanto enche de graça
Olha p'ra lua que noite é tua e o trovador
Enamorado canta enlevado trovas de amor.


Levo nos olhos a tua imagem brando fulgor

Levo a saudade deixo esta trova ao teu amor

Põe um sorriso, não te entristeças se a tuna parte

Que o estudante eterno amante virá cantar-te.


Linda donzela vem à janela que a tuna passa
Ouve este canto que o teu encanto enche de graça
Olha p'ra lua que noite é tua e o trovador
Enamorado canta enlevado trovas de amor.

Enamorado, canta enlevado trovas de amor.

terça-feira, outubro 14, 2008

Have a nice day!

quarta-feira, outubro 08, 2008

On wip


for so long time....

Mais informações aqui.

To inspire the day's




Fonte: web, old magazines (Marie Claire Maison, Micasa...)

segunda-feira, outubro 06, 2008


Shop update aqui. Mais novidades em breve!

Um ano e meio de nós


♥♥♥

I wish you bluebirds in the spring

To give your heart a song to sing

And then a kiss, but more than this

I wish you love

And in July a lemonade

To cool you in some leafy glade

I wish you health

But more than wealth

I wish you love

My breaking heart and I agree

That you and I could never be

So with my best

My very best

I set you free

I wish you shelter from the storm

A cozy fire to keep you warm

But most of all when snowflakes fall

I wish you love

♥♥♥

(versão inglesa de Albert A. Beach…)

Após uns dias de "knock-out", senti imensas saudades deste cantinho....

domingo, setembro 28, 2008

Sobre o tempo....

Um professor diante da sua turma de filosofia, sem dizer uma palavra pegou num frasco grande e vazio de maionese e começou a enchê-lo com bolas de golfe.
A seguir perguntou aos estudantes se o frasco estava cheio. Todos estiveram de acordo em dizer que 'sim'. O professor pegou então numa caixa de fósforos e vazou-a dentro do frasco de maionese. Os fósforos preencheram os espaços vazios entre as bolas de golfe.
O professor voltou a perguntar aos alunos se o frasco estava cheio, e eles voltaram a responder que 'Sim'. Logo, o professor pegou numa caixa de areia e vazou-a dentro do frasco. Obviamente que a areia encheu todos os espaços vazios e o professor questionou novamente se o frasco estava cheio. Os alunos responderam-lhe com um 'Sim' retumbante.
O professor em seguida adicionou duas chávenas de café ao conteúdo do frasco e preencheu todos os espaços vazios entre a areia. Os estudantes riram-se nesta ocasião.
Quando os risos terminaram, o professor comentou: 'Quero que percebam que este frasco é a vida. As bolas de golfe são as coisas importantes, a família, os filhos, a saúde, a alegria, as amigas, as coisas que vos apaixonam.
São coisas que mesmo que perdêssemos tudo o resto, a nossa vida ainda estaria cheia. Os fósforos são outras coisas importantes, como o trabalho, a casa, o carro etc. A areia é tudo o resto, as pequenas coisas.
'Se primeiro colocamos a areia no frasco, não haverá espaço para os fósforos, nem para as bolas de golfe. O mesmo ocorre com a vida. Se gastamos todo o nosso tempo e energia nas coisas pequenas, nunca teremos lugar para as coisas que realmente são importantes. Presta atenção às coisas que realmente importam.
Estabelece as tuas prioridades, e o resto é só areia.' Um dos estudantes levantou a mão e perguntou: - Então e o que representa o café? O professor sorriu e disse: ' Ainda bem que perguntas! Isso é só para lhes mostrar que por mais ocupada que a vossa vida possa parecer, sempre há lugar para tomar um café com um(a) amigo(a)'.

Recebido por mail. Obrigada Bruno!

sábado, setembro 27, 2008


Estou sem tempo para mim, para o blog, para os crafts... para tudo!
O Outono surgiu e com ele trouxe-me uma amigdalite que me tem colocado de rastos, para não falar do cansaço acumulado e ainda só estamos no início. Confesso que por vezes não sei se irei conseguir aguentar tanta pressão...

sábado, setembro 20, 2008


Hoje prometi a mim mesma que iria retirar cinco minutos do meu tempo para escrever no meu blog. primeiro porque estava precisar de o fazer, porque tinha saudades e em segundo porque alguém em anonimato que lê o meu blog me pediu para voltar a escrever, pois tinha saudades da minha escrita e dos meus desabafos.
O meu tempo tem sido quase que vinte horas diárias de trabalho, reuniões. Daquelas reuniões chatas que só nos ocupam o tempo e que no final bem espremidas se der uma gota de sumo, é muito! Esta vida não está nada fácil e só tende a pior (não é ser pessimista, antes pelo contrário realista)!! Bem me tinham dito que o mundo lá fora é uma selva!
Não me tenho dedicado aos meus crafts, nem às minhas leituras quase diárias de blogs e outras pesquisas.
Até os meus gatos reclamam mimo, mas a verdade é que nem eu mesma tenho tido tempo para mim...

domingo, setembro 14, 2008

Melancólica e triste...

Os meus dias têm sido assim... Mas não sei explicar a razão...

quarta-feira, setembro 10, 2008

Na volta ao trabalho

... o tempo livre que me resta é mesmo muito pouco. E tende a piorar. Tenho de organizar novos horários na minha cabeça, para conseguir conciliar tudo, namorado, família, amigos, crafts, etc, etc.
Ainda agora começou e eu já sinto saudades das férias de Verão.

quinta-feira, setembro 04, 2008


Um ano e cinco meses plenos de emoções e crescimento mútuo. É bom ter-te ao meu lado. ****