quinta-feira, fevereiro 28, 2008

Time for tea...


Um novo shop update aqui na loja e uma feira a preparar.
Muito trabalho e craft à mistura, com noites de insónias de volta...


Este Sábado visite Braga!
Mais informações aqui!

Vida de gato



domingo, fevereiro 24, 2008

[@ day project6]

Inspirations


From plumo

A Mãe, cem anos depois

- Ajuda-me! Dá-me livros, daqueles que um homem, depois de lê-los, não encontre sossego. É preciso meter-lhes um ouriço debaixo do crânio, um ouriço com espinhos aguçados! Diz à tua gente da cidade, que escreve para vocês, que escreva também para o campo! Que o façam de tal maneira que o campo ferva como pez, que o povo se lance na luta para a vida ou para a morte!
Levantou o braço e, pronunciando distintamente cada palavra, disse em voz surda:
- Curar a morte com a morte, aí está! Portanto, é preciso morrer, para que os homens ressuscitem milhões em toda a Terra. Aí está. É fácil morrer. Que os homens ressuscitem, que se levantem!
A mãe trouxe o samovar, olhando Ribine de soslaio. As suas palavras, duras e fortes, deprimiam-na. E havia nele qualquer coisa que lhe fazia lembrar o marido, também ele arreganhando os dentes, agitando os braços, arregaçando as mangas, também nele vivia a mesma raiva impaciente, embora muda. Este falava. E era menos terrível.

In A Mãe, pág. 127, ed. Caminho, 1986; trad. António Pescada, Obra original de Máximo Gorki

sábado, fevereiro 23, 2008

XIVº FUMP

Feira de Artesanato Com. Tradições
Largo do Paço
Entrada livre: 10h às 19h
Para mais informações: FUMP

quarta-feira, fevereiro 20, 2008



[@ day project5]


[@ day project4]

***

terça-feira, fevereiro 19, 2008

Love cats


Foto e montagem by Nuzia

Adoro os meus gatos, pela companhia que me fazem, pelo seu mimo e ternura e porque sou verdadeiramente apaixonada por gatos.
Desde miúda que gosto de gatos, lembro-me ainda bem que na minha fase do pink, eu pedia incessantemente à minha mãe um gato cor-de-rosa.
Por isso esse gosto já vem de longe, e quanto ao futuro, hei-de ser uma velhota com uma casa cheia deles.

The Cure - Love Cats

segunda-feira, fevereiro 18, 2008


[@ day project 3]

Day project from yesterday

[@ day project 2]

domingo, fevereiro 17, 2008

Acerca do Tempo

O tempo

A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa.
Quando se vê, já são seis horas!
Quando de vê, já é sexta-feira!
Quando se vê, já é natal…
Quando se vê, já terminou o ano…
Quando se vê perdemos o amor da nossa vida.
Quando se vê passaram 50 anos!
Agora é tarde demais para ser reprovado…
Se me fosse dado um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio.
Seguiria sempre em frente e iria jogando pelo caminho a casca dourada e inútil das horas…
Seguraria o amor que está a minha frente e diria que eu o amo…
E tem mais: não deixe de fazer algo de que gosta devido à falta de tempo.
Não deixe de ter pessoas ao seu lado por puro medo de ser feliz.
A única falta que terá será a desse tempo que, infelizmente, nunca mais voltará.

Mário Quintana

ACERCA DO COMPORTAMENTO IMPRÓPRIO À MESA DO MEU AMO

Leonardo da Vinci (1452-1519) é uma das figuras mais multifacetadas da história. Considerado desde o século XVI como uma espécie de "mago", foi pintor, escultor, arquitecto, e mestre de banquetes nas cozinhas de Ludovico Sforza durante mais de trinta anos e poucos conhecerão o seu trabalho como chefe de cozinha na taberna Os Três Caracóis..
Paralelamente a estas actividades, realizou um intenso trabalho de investigação sobre anatomia mecânica e cosmologia. Herdeiro de todas as aspirações artísticas do século XV, deu ao seu século conclusões geniais e decisivas.
Deixou, por exemplo, (e para além da Mona Lisa) um conjunto de regras de comportamento à mesa:

ACERCA DO COMPORTAMENTO IMPRÓPRIO À MESA DO MEU AMO

Há hábitos impróprios que um convidado à mesa do meu Amo não deve contrair, sendo o catálogo que se segue baseado nas observações que fiz daqueles que tomaram assento junto do meu Amo durante o ano que passou:

Convidado algum se deve sentar em cima da mesa, nem de costas voltadas para ela, nem ao colo de outro comensal.
Nem deve pôr as pernas em cima da mesa.
Nem se deve sentar debaixo da mesa por qualquer tempo que seja.
Não deve pôr a cabeça em cima do prato para comer.
Não deve tirar comida do prato do vizinho, sem primeiro lhe pedir autorização.
Não deve colocar no prato do vizinho partes desagradáveis ou semimastigadas da sua própria comida, sem primeiro lhe pedir autorização.
Não deve limpar a sua faca às vestes do vizinho. Nem usar a sua faca à mesa para trinchar.
Não deve limpar à mesa as suas armas.
Não deve retirar comida da mesa, colocando-a na bolsa ou na bota para consumo ulterior.
Não deve dar dentadas nos frutos que se encontram na fruteira, voltando depois a colocá-los na mesma.
Não deve cuspir na frente do meu Amo. Nem ao seu lado.
Não deve dar beliscadelas ou palmadas ao vizinho.
Não deve emitir ruídos resfolegantes ou dar cotoveladas.
Não deve revirar os olhos ou fazer caretas assustadoras.
Não deve meter o dedo no nariz ou no ouvido durante a conversação.
Não deve fazer maquetas, nem acender fogos, nem treinar-se na arte da pantomima em cima da mesa (a menos que o meu Amo o solicite).
Não deve soltar os seus pássaros em cima da mesa.
Nem o mesmo fazer com cobras ou escaravelhos.
Não deve tanger alaúde ou qualquer outro instrumento que possa importunar o vizinho (a menos que o meu Amo o solicite).
Não deve cantar, nem fazer discursos, nem proferir impropérios, e ainda menos lançar adivinhas lascivas quando a seu lado se encontrar uma dama.
Não deve conspirar à mesa (a menos que seja com o meu Amo).
Não deve fazer propostas obscenas aos pajens do meu Amo, nem retoiçar com os corpos deles.
Nem deve pegar fogo ao vizinho enquanto se encontra à mesa.
Não deve agredir um serviçal (a menos que seja em defesa própria).
E se sentir necessidade de vomitar, que abandone a mesa.
Tal como se tiver de urinar

De Sábado


[@ day project 1]

sexta-feira, fevereiro 15, 2008

Gosto de dias assim...

Só para dizer....

Tenho dias em que gostava de ter todo o tempo do mundo para mim... Mas ando a sentir que preciso de uns dias para mim, para organizar as minhas coisas, a minha cabeça e até o meu próprio tempo. Ou faço isso, ou acho que ainda dou em louca....

Por isso hoje, deixei-me adormecer, não é que possa fazer isso muitas vezes mas hoje fi-lo. Fi-lo por mim mesma e pelo meu bem estar físico [as minhas insónias voltaram], mas principalmente mental e psíquico. Hoje não fui trabalhar!

É tão bom ter estes dias de Sol, que parece que nos enchem a alma e pelo menos a mim, deixa-me mais feliz e radiante. E aos meus gatos também, porque passam horas sem fim ao solinho.... É caso para dizer que há gatos com sorte.

Lancei um desafio aqui para os mais curiosos é só ir espreitar já, a ver o que a sorte lhes reserva.

Tenho um novo blog [ ainda em construção] Guapa Supplies , onde disponibilizo alguns materiais de craft.

E hoje para além de ter algumas tarefas domésticas a fazer vou dedicar o dia exclsivamente a mim e o resto deixarei para depois....

quarta-feira, fevereiro 13, 2008

Sinais...


E aos poucos a natureza vai dando pequenos sinais de que algo está a mudar...

É bom receber os amigos em casa....

Muita boa disposição, muita tagarelice, conversa em dia, recordações, troca de presentes num ameno jantar e reencontro de amigas.


As fotos foram tiradas pela Neuza!!

quarta-feira, fevereiro 06, 2008


Descobri a existência de um site Freecycle, que foi criado para trocar bens usados, que já não se utilizam, afim de serem reutilizado por alguém que precisa.
Todos temos em casa acessórios, mobília, livros, roupa, sapatos, bijutaria, malas, etc….que já não usamos porque já não nos faz falta, porque nos fartamos ou simplesmente porque já não gostamos mas há pessoas que a quem esses bens podem fazer jeito ou mesmo falta.O espírito do Freecycle é mesmo isso, é reciclar as coisas para não desperdiçar e incentivar o aproveitamento dos bens em vez de os pôr de lado ou mesmo deitá-los fora quando têm ainda tanto para dar !

Freecycle

BragaFreecycle

Porto Freecycle

My-rebag

A não perder!!

terça-feira, fevereiro 05, 2008

all about me...

fotos by whgomes

Sobre o Carnaval

Lembro-me de que, em pequena, passava o fim de tarde de Carnaval com o meu pai a fazer pequenos rolinhos de serpentinas que se transformavam em vasos, chapéus, torres, chaminés e tudo mais que a imaginação de uma criança possa inventar...
Tenho saudades desses tempos.

Inspirações


Image from decor8

Também gostava de ter uma parede desta cor :)

.*:*.

Um shop update para ver aqui, pregadeiras novas inspiradas nos tecidos vintages e chitas portuguesas, com aplicação de pérolas e botões vintage.


Mais uma swap recebida da Dora. Adorei cada um dos botões que me foram enviados. Uns são para a minha colecção outros para serem usados nas minhas peças. E a propósito da organização da minha colecção de botões, posso dizer que a mesma está parada, daqui a uns tempos quem sabe volto a pegar nela...

Nature grow


Porque tu,
deixas em mim
tanto de ti!
Matam-me os dias,
as mãos vazias de ti...

De Sábado....

Um passeio por Vila do Conde...





Gazeta literária

" Quando eu era miúdo, com os meus 10 anos, quis apanhar o Sol com um copo. Peguei no copo, aproximei-me sorrateiramente, e zás, com o copo na parede! Cortei a mão e bateram-me por isso.
Quando me bateram, saí para o pátio e vi o Sol reflectido numa poça e vá de espezinhá-lo. Fiquei todo enlameado, e voltaram a bater-me... Que fazer? Comecei a gritar ao Sol:"Não me dói, diabo ruivo, não me dói!" E deitava-lhe a língua de fora."

In A mãe, pág.136, ed. Caminho, 1986, trad. António Pescada
Obra original de Máximo Gorki