quarta-feira, outubro 28, 2009

?


Há dias que simplesmente nos sentimos vazios...

segunda-feira, outubro 19, 2009

?


Actualizar o blog tem sido uma tarefa complicada nestes últimos tempos, não por falta de assunto, mas antes por falta de oportunidade. Tenho andado com mil e uma tarefas quer domésticas, quer de trabalho a ver se ocupo a mente que anda assim um tanto ò quanto confusa e dispersa. Sinto que não estou a rentabilizar o tempo da melhor forma, mas também ainda não consegui adequar tudo o que tenho para fazer ao meu novo estilo de vida... Acho que ainda não me adaptei completamente ao local aonde estou e os últimos acontecimentos marcaram-me por demais pela negativa. Fez um mês na sexta-feira que perdi a Liz e faz hoje uma semana que adoptei a Mia. A verdade é que uma não consegue ocupar o espaço da outra, nem mesmo disfarçar a dor que sinto... Contudo serve para me fazer sorrir, relembrar bons momentos e no fundo para eu repartir também o meu amor por ela. A adaptação com o Jonas vai-se fazendo a meio gás, mas a aceitação por parte dele até que nem tem sido má. Em breve espero vê-los juntinhos em correrias e outras brincadeiras. (Que confesso sentir falta de ver e de participar!)

O meu coração continua apertado e angustiado e não consigo que isso se dissipe, acho que só o tempo ajudará a abrandar esta situação...

terça-feira, outubro 13, 2009

=^..^=

Dar nome aos gatos é uma questão difícil,
Não é nenhum jogo de férias;
Podeis pensar que sou doido varrido
Quando vos digo que um gato deve ter TRÊS DIFERENTES
NOMES
Antes de mais nada, há o nome que a família emprega diariamente,
Tal como Peter, Augustus, Alonzo ou James,
Tal como Victor ou Jonathan, George ou Bill Bailey

Todos eles sensatos nomes de todos os dias
Há nomes de maior fantasia se achais que soam melhor,
Alguns para cavalheiros, alguns para as damas:
Tais como Plato, Admetus, Electra, Demeter –
Mas todos eles sensatos nomes de todos os dias
Mas, digo-vos eu, um gato precisa de um nome que seja particular,
Um nome que seja peculiar, e mais dignificado,

Senão, como pode ele manter a cauda perpendicular,
Ou estender os bigodes, ou encarecer o orgulho?
De nomes desta espécie dou-vos um quórum,
Tais como Muskustrap, Quaxo ou Coripat,
Tais como Bombalurina, ou então Jellylorum –
Nomes que nunca pertencem a mais do que um gato
Mas, mais acima e mais além, falta ainda outro nome
,
E esse é o nome que jamais adivinhareis;
O nome que nenhuma investigação humana pode descobrir –
Mas o PRÓPRIO GATO sabe-o, e nunca confessará.
Quando se vê um gato em profunda meditação,

A razão, digo-vos eu, é sempre a mesma:
O seu espírito está em ávida contemplação
Do pensamento, do pensamento, do pensamento do seu nome:
Do seu inefável efável
Efanifável
Profundo e incontável singular Nome.

T.S. Elliot (1888 – 1965)

Isto para vos dizer que adoptei uma gatinha nova, aqui vos apresento a Mia!


domingo, outubro 11, 2009

Mudança



A minha vida urge por uma mudança radical...

Estes últimos tempos têm sido verdadeiramente difíceis e sei que toda a minha vida precisa de uma mudança radical... Mas por onde começar?
Faltam-me forças, inspirações, a cabeça anda atolada com mil e uma coisas e sinto falta de tantas outras mil e uma.
O tempo não chega para tudo e não tenho conseguido tirar o devido proveito dele e sinto-me frustrada por isso.
Tenho de virar a página, sem olhar para trás... Eu sei que tenho de o fazer, mas não consigo!
Tenho saudades de pegar nos meus materiais e de lhes dedicar um pouco mais de tempo... Por mudança física tive de abandonar infelizmente as minhas aulitas de costura. Sinto falta de costurar, de usar a minha máquina de costura...
Sinto falta dos teus longos e ternos abraços...
Preciso de me acalmar mais não ser tão tempestiva... Eu sei que não era assim... É por isso que preciso mesmo de virar a página da minha vida e recomeçar uma nova...

Se calhar é melhor recomeçar uma coisa de cada vez, pois tudo tem o seu tempo...
Se calhar vou mesmo hoje virar lentamente essa página...
Enquanto o cheirinho a pão fresquinho, acabadinho de fazer invade a cozinha, vou preparar um chá e vou ficar a viajar um pouco pelos meus blog's preferidos e quiça descobrir outros...
E fica a promessa de que vou tentar virar a página.
Obrigada pelos comentários de força que tenho recebido, quer por aqui, quer por mail ou de outras formas....

quarta-feira, outubro 07, 2009

Porque...


Porque...
.... os dias me pedem inspiração que não sinto ter....
.... paciência e compreensão que não consigo ter...
.... os sorrisos nos lábios se desvanecem...
Porque...
... quem sabe amanhã seja um novo dia, um novo virar de página, quem sabe!

segunda-feira, outubro 05, 2009

***



O Verão chegou ao fim e os dias chuvosos de Outono já deram sinais de si...

Do fim de semana, resta um café a aproveitar os últimos raios de sol, um almoço em família...



E dois anos e seis meses, que estamos juntos!

Ficam também alguns momentos de cumplicidade com a Bia,com a Luna e com o Jonas.

A última foto que tenho da Liz e do Jonas, trocando cumplicidades de mãe e filho na janela....

E porque dia 4 foi dia Mundial do Animal e de S. Francisco de Assis, padroeiro dos animais, aqui fica uma oração em sua honra e de todos os animais que estão sozinhos, perdidos e/ou abandonados pelo mundo fora.

Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz.
Onde houver ódio, que eu leve o amor;
Onde houver ofensa, que eu leve o perdão;
Onde houver discórdia, que eu leve a união;
Onde houver dúvida, que eu leve a fé;
Onde houver erro, que eu leve a verdade;
Onde houver desespero, que eu leve a esperança;
Onde houver tristeza, que eu leve a alegria;
Onde houver trevas, que eu leve a luz.

Ó Mestre, Fazei que eu procure mais
Consolar, que ser consolado;
compreender, que ser compreendido;
amar, que ser amado.
Pois, é dando que se recebe,
é perdoando que se é perdoado,
e é morrendo que se vive para a vida eterna

sexta-feira, outubro 02, 2009

And life goes on...

Porque a vida assim o pede, tenho de seguir em frente...



Do fim de semana passado em família, em Fátima.


Do Outono...


Da minha busca...



A busca pela Liz, ainda não terminou...
Durante este período de busca encontrei algumas boas dezenas de gatinhos completamente abandonados e aos quais tenho tentado dar uma pequena ajuda, contribuindo com um pouco de alimento nos seus longos dias. O estado de magreza de alguns é muito grande, pudesse eu albergá-los ou então encontrar-lhes um lar... Se houver candidatos avisem!!