segunda-feira, outubro 19, 2009

?


Actualizar o blog tem sido uma tarefa complicada nestes últimos tempos, não por falta de assunto, mas antes por falta de oportunidade. Tenho andado com mil e uma tarefas quer domésticas, quer de trabalho a ver se ocupo a mente que anda assim um tanto ò quanto confusa e dispersa. Sinto que não estou a rentabilizar o tempo da melhor forma, mas também ainda não consegui adequar tudo o que tenho para fazer ao meu novo estilo de vida... Acho que ainda não me adaptei completamente ao local aonde estou e os últimos acontecimentos marcaram-me por demais pela negativa. Fez um mês na sexta-feira que perdi a Liz e faz hoje uma semana que adoptei a Mia. A verdade é que uma não consegue ocupar o espaço da outra, nem mesmo disfarçar a dor que sinto... Contudo serve para me fazer sorrir, relembrar bons momentos e no fundo para eu repartir também o meu amor por ela. A adaptação com o Jonas vai-se fazendo a meio gás, mas a aceitação por parte dele até que nem tem sido má. Em breve espero vê-los juntinhos em correrias e outras brincadeiras. (Que confesso sentir falta de ver e de participar!)

O meu coração continua apertado e angustiado e não consigo que isso se dissipe, acho que só o tempo ajudará a abrandar esta situação...

3 comentários:

Unknown disse...

oi querida,
o mais difícil é que a Bea quer ir para o primeiro ano, está animadíssima! A professora inclusive me disse que se é para ela ficar no jardim é melhor que vá para outra escola, pois como expicar todos os amigos no primeiro ano e ela na salinha antiga?
Tá complicado.
Mas eu ainda acho que ela deveria ficar. O mundo acha que não, mas eu acho ela imatura.
Ser mãe é esta eterna dúvida.
Beijos
Lu

Unknown disse...

Olá minha linda

Queria deixar um beijo muito grande cheio de força :*

Noivas disse...

Realmente nao é fácil perder um animal de estimação por quem se tem muito carinho, eu tenho duas gatas e uma cadela e posso dizer que realmente passo momentos muito divertidos com elas.
E é verdade existem dias repletos de perdas, de emoções que derretem a nossa alma, mas força, coragem....
Kiss Kiss

2018: 365 novas oportunidades

E assim de repente, apeteceu-me simplesmente voltar...