segunda-feira, maio 31, 2010

eMbReNhAdA nos meus pEnSaMeNtOs


Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já têm a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre à margem de nós mesmos. - Fernando Pessoa

Hoje o dia iniciou-se numa pequena caminha, para fazeres domésticos: peixaria, mercado, farmácia, loja de animais, retrosaria, livraria...
O dia está quente, contudo corre por aqui uma breve brisa marítima Quando faço este tipo de "passeios", na maioria das vezes faço-os sozinha e aproveito para pensar ponderar na minha vida, nos meus/nossos projectos, sonhos e deixo-me divagar à medida que vou caminhando e deixando-me embrenhar pela paisagem à minha volta!
E hoje sinto-me embrenhada só com os meus pensamentos, deixo-vos aqui esta melodia de Rodrigo Leão - Deep Blue:



As 3 casas versus o meu quarto é o meu mundo, o ecrã é a janela!


O fim de semana é geralmente repartido por três casas. Pela nossa e pelas casas dos nossos pais. A sensação de voltar aos nossos mundinhos é absolutamente fantástica. E quer no meu mundo e quer no dele, eu sinto-me bem. Faz bem mudar de ares de paisagem, enquanto de um lado temos uma cidade pequenina junto ao mar tão cheia de contrastes, do outro lado há uma pequena aldeia rural cujos montes vestem-se de verde salpicados de flores campestres que é uma delícia de se ver, de momento começam-se a vestir de salpicos rosas, por causa das urzes.

Quem me conhece bem, sabe perfeitamente que preciso de viver com esta dicotonomia entre o campo e a cidade. Não desgosto de estar na cidade, mas os barulhos do campo da natureza fazem-me imensa falta. Olhar a natureza através da objectiva da minha máquina fotográfica, sentir os cheiros da terra, ouvir os sons que se produzem... E dou por mim a pensar que seria muito mais feliz se vivesse no campo!


Ultimamente, as segundas feiras têm sido muito difícies para mim, não sei se por rescaldo de fim de semana, de andarmos de um lado para o outro, ou se por outro motivo. Mas sinto que são penosas, custa-me acordar com força para assumir as tarefas todas que tenho pela frente, tenho acordado com as pernas e pés demasiado inchados e cansados. Sinto-me com uma apatia e inércia, que às vezes é difícil de contrariar.
Fui ao médico e ainda não tenho alta, avizinha-se uma consulta em cirurgia vascular, para ter uma segunda opinião... E paira pela minha mente quando é que será que eu vou ficar bem? para quando poderei deixar de usar as meias elásticas, principalmente nesta época que tanto me afligem? Quando voltarão os meus pés e tornoselos à normalidade para eu voltar a usar as minhas sandálias, botas e sapatos? Quando poderei voltar a andar de bicicleta? São tantas as dúvidas e questões que o melhor mesmo é ficar por aqui.


Tenho a casa repleta de flores que trouxe de casa do H. Uma casa sem flores é como se fosse uma casa sem alma!
Desta vez, a mãe do H. também me presenteou com um saco cheio de botões antigos, que me fez sorrir o coração.

Esta música: "voar" dos Tim & Rui Veloso, perseguiu-nos no carro entre as várias viagens que fizemos.
"O meu quarto é o meu mundo, o ecrã é a janela!"


Boa semana!

quarta-feira, maio 26, 2010

Life!


Para pensar:

It's the little moments, that make life big.

segunda-feira, maio 24, 2010

2ª Feira



Hoje o dia foi passado novamente em casa. Os meus pés continuam inchados e desta vez, nem os meus chinelos de dedo me valeram, só mesmo as meias de algodão...
Tenho um derrame no meu olho direito e tenho espasmos musculares a percorrer-me o braço direito com sensação de dormência. :(
E fez no sábado 5 meses que estou em recuperação da minha TVP.
Estou farta de ouvir a palavra crise na TV, na net...
E hoje estou aborrecida!Valha-me ao menos este vídeo!

domingo, maio 23, 2010

Ficar em casa...


Ontem, o dia foi cheio! Foi dia de receber amigos, dia de muito afazeres, dia de um calor insuportável, em que suportar a meia elástica torna-se uma tarefa muito árdua. Mas terminei o dia, apesar de muito cansaço com uma sensação boa de felicidade, de satisfação.
Hoje, é dia de ficar em casa, opção feita por nós! O calor que ainda se faz sentir, a confusão de domingueiros na rua, os barulhos... tudo contribuiu para optar por ficar em casa... Ainda estamos de pijama, a cama ainda não está feita, na marquise cheira a roupa lavada, a máquina está a lavar a louça, os gatos estão a fazer a sesta ... reina a calma e o tempo para desfrutar daquilo que nos apetece fazer, ao som de boa música.
Hoje sinto-me por natureza mas relaxada, tenho a cabeça a viajar por campos verdes, repleto de papoilas vermelhas e outras flores campestres, que tanto me enchem a alma. Ao mesmo tempo, estou um bocadinho melancólica, mas sinto-me feliz!

sexta-feira, maio 21, 2010

Da semana


A semana começou com algum desânimo e inércia que não consegui ultrapassar totalmente.
Na segunda-feira, recebi um email de uma jovem, a dizer que tinha recolhido uma gata preta com as características da Liz. O meu coração palpitou de emoção de novo, havia algo no meu interior que me dava esperança e que me dizia que podia ser ela. Lá se combinou o encontro, mas afinal não era ela. Tinha alguns traços idênticos, mas não era a minha gata, a minha Liz! Ao afagá-la vieram-me imensas memórias boas sobre a Liz. No meu íntimo, apetecia-me trazê-la comigo, para o nosso lar, para a nossa intimidade, mas o H não concordou.
Acho que nunca irei conseguir ultrapassar esta dor, esta incerteza de não saber onde ela está. Sinto, que às vezes, não sou compreendida, mesmo por aqueles que me rodeiam, que estão mais próximos de mim. "Ora esta chorar por causa de um gato!" (normalmente é o que me dizem e aqueles que não o dizem, certamente o devem pensar). Só quem os tem e quem os perdeu é que consegue, possivelmente compreender este verdadeiro amor, esta dor...Às vezes fico com a sensação de que não pertenço ao mesmo mundo dos que me rodeiam!
Virando a página...
O resto da semana resultou em reencontro de amigos, passeios pela rua, apesar do intenso calor que se faz sentir. Estes meus passeios libertam-me a alma e permitem-me descobrir coisas bonitas como estas, escondidas por detrás da cidade:Numa breve passeata aos louceiros do Sr. de Matosinhos encontrei estas malgas/tigelas que não resisti em trazer comigo. Fizeram-me lembrar aquelas de outros tempos em que se guardava a marmelada caseira. Disse-me o vendedor que provêm de Aveiro de uma fabriqueta que já tem os dias contados e que são pintadas à mão.
Tenho os pés a parecerem patas de elefante, não consigo suportar a meia elástica com este calor, e o Verão ainda nem sequer começou!...

quarta-feira, maio 12, 2010

Mude o seu mundo que o mundo muda!


Este blog não está esquecido! Apenas tenho tido muitos afazeres, ultimamente. Entre os vários updates aqui na loja, a uma séries de encomendas que tenho de as finalizar, um dia de feira aqui com muito vento à mistura, mas muito companheirismo e reencontros.
Do fim de semana, restam-me boas lembranças de bolinho acabado de sair do forno, de almoço em família e amigos, de uma ida rápida ao Sr. de Matosinhos que quero voltar com mais calma, para apreciar e absorver tudo calmamente.
E hoje, resta-me um cansaço descomunal, um acordar irritativo pela campainha do prédio (e que afinal era engano) e muita coisa para colocar em ordem. Acho que tenho vontade de passar o dia todo de pijama, a dormir, sem fazer nada!! Mas tenho de fazer algo para contrariar isto, vou ver se coloco mãos à obra e pode ser que mais logo volte aqui!

terça-feira, maio 11, 2010

Petição Cidadãos pela Laicidade

Por ocasião da visita do Papa Bento XVI a Portugal, o Governo decidiu dar tolerância de ponto a todos os trabalhadores da Administração Pública no dia 13 de Maio. Em Lisboa, os funcionários públicos vão ter tolerância a partir da tarde de 11 de Maio. No Porto, terão a manhã de 14 de Maio.
Como define a Constituição Portuguesa, o estado está separado das igrejas (nº4, artigo 41º), além disso, ninguém pode ser isento de obrigações ou deveres cívicos por causa das suas convicções ou prática religiosa (nº3, artigo 41º). Não se percebe quais foram os critérios para a concessão das tolerâncias de ponto concedidas pelo governo.
A Lei da Liberdade Religiosa (de Junho de 2001) também estipula que o "Estado não descriminará nenhuma igreja ou comunidade religiosa relativamente às outras" e que "nos actos oficiais será respeitado o princípio da não confessionalidade". Além dos actos oficiais, dado o Papa ser um Chefe de Estado, qualquer outro evento, como as missas, não deveria ter a presença assídua do Presidente da República. Apesar deste poder ter as suas convicções religiosas como cidadão, não o poderá fazer em nome da função que ocupa. (texto recebido por email, autor desconhecido)

Eu já assinei e tu que vais fazer?

Crafts e cozinhados...





Receitas disponíveis aqui.

segunda-feira, maio 10, 2010

Do fds...

O fim de semana correu muito depressa!
Dele restam lembranças de momentos em família, de uma viagem até Alcobaça para um almoço/convívio da tropa do pai do H. que quis uma vez mais ver a família reunida.
Uma visita à Fundação Batalha de Aljubarrota.

O tempo não ajudou muito, esteve um dia chuvoso, ventoso, frio e tão incerto! A mim, este tempo deixa-me triste e com menos energia. Mas para contrariar isto, queria iniciar a minha semana com novos projectos, que já fervilham na minha mente, mas apenas não tive oportunidade de os colocar em prática ou não sentia a segurança necessária para os preparar...

domingo, maio 09, 2010

Mimos & doces

Muffins de laranja e chocolate e biscoitos de limão, lavanda e canela. Tudo homemade!

quarta-feira, maio 05, 2010

TrezentoseSessentaecincodias


Vários amigos, uma missão. 365 fotos, algumas são auto-retratos, outras nem por isso. Uma ano de aventuras e imaginação nos espera. Aqui ficam as minhas três primeiras, podem ver mais em pormenor aqui: http://trezentosesessentaecinco2010.blogspot.com/

terça-feira, maio 04, 2010

lOvE


E já se passaram mais 3 anos e 1 mês de nós!

segunda-feira, maio 03, 2010

A começar...

O dia de hoje e a semana começa com muita preguiça e inércia da minha parte, não sei se deriva do fim de semana activo ou se o meu corpo hoje acordou assim. Mas acho que de facto deve ser de ambos.
Aqui fica um pouco do fim de semana em fotos.