segunda-feira, maio 31, 2010

eMbReNhAdA nos meus pEnSaMeNtOs


Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já têm a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre à margem de nós mesmos. - Fernando Pessoa

Hoje o dia iniciou-se numa pequena caminha, para fazeres domésticos: peixaria, mercado, farmácia, loja de animais, retrosaria, livraria...
O dia está quente, contudo corre por aqui uma breve brisa marítima Quando faço este tipo de "passeios", na maioria das vezes faço-os sozinha e aproveito para pensar ponderar na minha vida, nos meus/nossos projectos, sonhos e deixo-me divagar à medida que vou caminhando e deixando-me embrenhar pela paisagem à minha volta!
E hoje sinto-me embrenhada só com os meus pensamentos, deixo-vos aqui esta melodia de Rodrigo Leão - Deep Blue:



Sem comentários: