sexta-feira, junho 04, 2010

Inspiração para viver os dias


O dia de hoje é dia de organizar, retomar pequenas tarefas que ficaram acumuladas, porque simplesmente não tive disponibilidade e/ou não me apeteceu muito fazer, mas hoje, há um update na loja e neste blog e neste, mas confesso que não sei se vou conseguir fazer tudo!

A semana chegou ao fim, e com ela a sensação de uma missão cumprida. O feriado de ontem foi marcado por mais um almoço de família, cá em casa, com os meus pais e os pais do H. Como vivemos numa terra de peixe, em que ele abunda bem fresco, nada melhor como preparar uma caldeirada de peixe.

De uma rápida passeata pelo Sr. de Matosinhos, finalmente adquiri o "chapéu" para o arroz de forno, as malguinhas de barro para o caldo verde e o porquinho (que já o tinha adquirido, numa fugida por lá, durante os meus passeios matinais).

A casa voltou a encher-se de flores novas e frescas, já que a minha mãe e a minha sogra resolveram brindar-me com flores dos jardins de suas casas, assim como com legumes frescos colhidos da horta.

Na pequeníssima horta cá de casa, confinada em alguns recantos da nossa marquise, para além das ervas aromáticas, também temos alfaces e pimentos morrones, nas sementeiras cresce salsa, orégãos, tomate cereja (que embora semeado tardio acho que ainda irá a tempo) e flores como petúnias, lavanda, azálias, chagas, bela dona....É claro, que tudo isto dá trabalho, há que regar, tirar as ervas daninhas, estacar, quando é preciso, cortar os ramos mais velhos adubar (uso fertilizantes naturais: casca de ovos, pó de café, miolo das saquetas de chá ...), verificar as pequenas pragas nas folhas como o piolho, o pulgão... (que se tornam verdadeiramente pragas!). Mas todo este contacto com a natureza mãe, me faz bem!

Hoje completamos:

♥ 3 anos e 2 meses de nós ♥

São muitos dias de bons momentos, outros de menos bons, mas com a certeza de que esses menos bons nos servem para fortalecer a nossa relação e para aprendermos algo e acrescentarmos metas e etapas de crescimento às nossas vidas!

Para meditar:
Viva de maneira que sua presença não seja notada, mas que sua ausência seja sentida...

Sem comentários: