domingo, agosto 22, 2010

Ingredientes do Amor*


Enquanto trinam as cortas da guitarra do H. eu escrevo o post de hoje. De alguma forma carrego comigo, sem saber bem o por quê, de romance, sonho e nostalgia. Sinto que grandes mudanças estão a urgir e que de certo modo tenho de me preparar para elas.
Aqui fica uma partilha convosco do último livro que li: "Ingredientes do amor", um livro de escrita simples, que me relembrou acima de tudo que o tempo é tão curto para ser desperdiçado com coisas supérfluas e que devemos de nos reencontrar a nós próprios aos invés de tentar viver a vida dos outros, a escolha dos outros, até porque esse pode ser o caminho mais fácil, mas certamente não será aquele que nos conduzirá à verdadeira felicidade! Daí o nosso tempo deva ser usado sabiamente ou seja, devemos aproveitar ao máximo tudo o que a vida nos permite usufruir.

" O nosso tempo é limitado, logo não o desperdicem a viver a vida dos outros. Não deixem escravizar por dogmas - isso significa viver com os resultados dos pensamentos dos outros. Não deixem o barulho das opiniões alheias abafar a vossa voz interior. E acima de tudo, tenham coragem de seguir o vosso coração e intuição. Eles já sabem o que efectivamente queremos ser. Tudo o resto é secundário." (Ingredientes do Amor pág.333, 2º parágrafo)


Sem comentários: