terça-feira, agosto 03, 2010

Todo o projecto de Felicidade é único*



Olá a todos os que por aqui passam e perdem um pouco do vosso precioso tempo a ler as palavras que humildemente vou escrevendo aqui e que por vezes muitos de vós se revêem nelas, é este o feedback que tenho recebido, ao mesmo tempo que vão contemplando as fotografias que aqui coloco com carinho.
Estes dias que fiquei sem vir aqui, foram tão cheios e tão plenos de acontecimentos, que não sei muito bem por onde começar (prometo partilhar fotos mais tarde do que andei a fazer...)
Mas, decididamente vou dizer-vos que terminei de ler o livro "Projecto de Felicidade" de Gretchen Rubin. Foi um livro de leitura meticulosa, cheio de paragens para digerir tudo o que lia, para absorver informações preciosas para mudanças que quero operar, para compreender o quanto tenho necessidade de me embrenhar também num projecto destes a um nível mais pessoal. Que razões intrínsecas me levam a querer ter um projecto desta dimensão, quem eu quero envolver, o que resultados pretendo obter, etc.
Foram umas semanas bem passadas na companhia da Gretchen! Do livro retirei várias notas, ensinamentos que coloquei por escrito no meu caderno de notas. Dei por mim tantas vezes a rever-me nas palavras/situações que ela escreveu, como já aqui referi. Que acho que agora tenho de criar o meu próprio projecto.Sinto que estou constantemente a fazer várias coisas ao mesmo tempo e isso afasta-me da minha experiência do presente, ou seja, muitas vezes não me permite disfrutar o momento o agora. Tendo também, para alimentar ansiedades, projectos e esperanças no futuro ao invés de dar mais importância e de me ligar mais ao momento presente. E isso é algo que pretendo mudar. Mudar no sentido de conciliar melhor o tempo para os meus projectos e de me ligar mais ao momento presente (o agora).
Por outro lado, ando com alguns sentimentos à flor da pele, sinto-me chata, por vezes com momentos de furacão, sem paciência e até meia agressiva (em palavras), explicar qual a razão para tudo isto não sei, mas é algo que pretendo e preciso de mudar.
Acho que vai ser este primeiro ponto que vou incidir no meu projecto pessoal. Irá ser certamente a minha primeira resolução!
No sentido, de dar maior estabilidade (levar mais a sério), firmeza ao meu projecto pessoal de felicidade, decidi inscrever-me em happiness project toolbox.


Aqui fica então a minha primeira resolução:

Ficar calma e sorrir mais
.

Com a ajuda do Hapiness project toolbox, criei uma lista de itens relacionadas com a minha primeira resolução e das quais constam os seguintes itens:

- Ser mais paciente comigo e com os outros;
- Ter sempre (que possível) pensamentos positivos;

- Sorrir mais;

- Fazer as tarefas aborrecidas com mais alegria;

- Viver todos os minutos do meu presente, do meu agora com mais alegria;
- Ler mais;
- Fazer coisas que gosto, que me alegrem e que me façam feliz (pintar, costurar, sair, ouvir música...).

Esta resolução terá a duração provável de um mês e cada dia irei colocar um x nos itens que consegui atingir em cada dia.
Contudo importa aqui frisar que o projecto felicidade é único e pessoal, que as resoluções de uns podem não ser as vossas, ou podem de certa forma coincidir com algumas das que queiram tomar. Façam-no acima de tudo de forma sincera e verdadeira convosco. Sintam-se livres de querer partilhar ou não, mas confesso que, gostaria de ter o vosso feedback, sobre quem leu ou está a ler este livro, se por acaso decidiram colocar em plano alguma resolução, se sentem tentados a criar o vosso projecto... Fiquem à vontade para fazer desta resolução também a vossa e para "conversarmos" um pouco acerca desta temática.

2 comentários:

Guizito disse...

:)))
beijinhos

Graça Paz disse...

Bem, eu acho que já comecei o meu á cerca de dois anos, e, foi um processo doloroso e cansativo e para ser honesta ainda ando meia aos trambolhões, no entanto agora consigo sentir uma muito maior tranquilidade interior e ainda não comecei a meditar, mas vou faze--lo! O meu projecto baseia-se em fazer uma lista daquilo que já alcancei, por mais simples que pareça ate ao mais complicado. Dei-me conta que a lista era um cem numero de coisas e fiquei contente,mas paralelamente fiz outra daquilo que quero alcançar e essa sim, é muito menor (agora), aprendi uma coisa...dá-te tempo!*

Se quiseres vir ca no fim de semana apita, estamos por aqui*

Um beijinho

Graça