quinta-feira, dezembro 29, 2011

E do Natal que já passou... e de 2012 que há-de vir!


O Natal passou e mal tivemos tempo de deixar pequenos apontamentos natalícios pelo nosso apartamento, como o fizemos em anos anteriores... Bem como de passar por aqui e deixar uma mensagem natalícia a quem nos lê.
O nosso Natal foi passado em família como o habitual e repartido entre a casa dos avós e entre duas idas às urgências com o Tomás, uma das vezes por causa de uma laringite outra com cólicas agudas... Da laringite está tudo quase normalizado, quanto às cólicas vão abrandando, mas não ao ritmo que desejaríamos.
2012: resoluções

E 2011 está prestes a acabar e com ele um novo ano que se inicia. Tal como noutros anos 2012 será um ano de resoluções, assim espero! As resoluções do ano passado estão aqui, e preciso ainda de refletir sobre elas.
Não me sinto impulsionada por definir resoluções que se impõe apenas porque se inicia um novo ano. Contudo, e para além dos grandes desejos, gostaria de iniciar uma nova etapa da minha vida, por assim dizer, uma vida mais simples, mais organizada, mais vivida a cada momento e especialmente agora que temos o Tomás. Pretendo viver os meus dias ao lado da família que constituí, ao nosso ritmo, sem pressas, sem medos, à nossa vontade e não à demanda de outros. Quero que seja um ano pleno de paz de espírito e de crescimento interior.
Encontramo-nos no próximo ano! Um bom ano de 2012!

domingo, dezembro 18, 2011

sábado, dezembro 17, 2011

♥ Maternidade***


Os meus dias vivem-se por si só para a maternidade, tal como uma droga que se apropria do meu corpo.
Apesar do imenso cansaço que sinto, pois nem tudo é um mar de rosas, lindo e tranquilo... Desengane-se quem pensa que tudo é perfeito! Pelo contrário cada dia é feito de novas experiências e o que resultou ontem pode já não resultar hoje, mas adiante!
Ver-te crescer de dia para dia, faz com que eu tente absorver-te ao máximo, numa tentativa de registar na minha memória cada gesto, sorriso, gargalhada que dás...
Brevemente irás fazer cinco meses, como o tempo passa a correr.

quarta-feira, dezembro 07, 2011

☁☂


às vezes sinto que vivo a minha vida num perfeito caus...
espero que venham dias com mais alento e que me encham a alma...
sinto-me exausta, mas completa com a maternidade.

domingo, dezembro 04, 2011

♥ 4 anos e 8 meses de nós ♥


Quatro anos e oito meses de nós, que parece já quase uma eternidade. Eternidade essa de bons e maus momentos como tudo na vida. De uma luta constante em duo e agora em trio para a felicidade.

segunda-feira, novembro 28, 2011

segunda-feira, novembro 21, 2011

*.*.* 2+1 = 3 *.*.*


Depois de estar embrenhada em amamentar, mudar cocós e xixis, colocar roupa para lavar, estender roupa, dobrar roupa, passar a ferro entre outras infinidades de tarefas, que às vezes (bem, a maior parte das vezes, para não dizer sempre!) fazem com que os dias me pareçam intermináveis e repetitivos vezes sem conta, lá consegui um bocadinho de tempo para vir escrever um pouco.
Chove desmesuradamente! E eu sinto que estou tão "precisada" de uma pausa!
O Tomás cresce a olhos vistos. Brevemente vai completar quatro meses, ai como o tempo passa a correr... Contudo posso dar graças por poder acompanhar o seu crescimento e que sensação boa que é! Apesar de me absorver praticamente o tempo todo, este meu novo papel, enche-me o coração. É um papel novo para mim, cheio de dúvidas e incertezas, mas vou prosseguindo seguindo o que o meu instinto materno me vai dizendo. E há algo que me diz para aproveitar ao máximo estes momentos pois eles passam bem depressa e há tanto para absorver deles. Sinto que não quero deixar passar nada em branco, quero registar sempre que possível e participar das vivências dele.
Ainda não consegui orientar-me do melhor modo nas tarefas todas cá de casa, digamos que ando em modos do vai-se fazendo quando e como se pode. As rotinas continuam ainda alteradas e vejo-me muitas vezes sem tempo, sem tempo para os outros e até mesmo para o H. Às vezes parece que este novo papel me suga toda a energia física e emocional, não que seja mau de todo, mas por vezes uma mãozinha extra dava uma grande ajuda [não é verdade H?!]. Contudo, fico na esperança que brevemente as coisas se componham, não como antes, mas numa nova versão de dois mais um, igual a três.
Agora vou aconchegar-me na cama (que já está quentinha) a escutar o som da chuva, à espera que a minha rotina de mãe volte a iniciar-se. Uma boa noite para quem aqui passa!

terça-feira, novembro 15, 2011

...

Já é madrugada! Aproveito o silêncio da casa, e o fato de todos já estarem a dormir para escrever um pouco. Lá fora a chuva cai desmesuradamente, como se não houvesse amanhã. Os dias de chuva deixam-me melancólica.
Tenho imensa vontade de escrever, mas simplesmente sinto-me cansada. Acho que ainda não consegui coordenar bem os meus horários com tudo o que tenho para fazer.

sexta-feira, novembro 04, 2011

♥ 4 anos e 7 meses de nós ♥


♥ 4 anos e 7 meses de nós ♥

quinta-feira, novembro 03, 2011

Arrumar as gavetas e outros afins...


Novembro chegou e com ele vieram as chuvas e trovoadas de Outono, que mais fazem lembrar um temporal de Inverno. Gosto de dias de chuva, quando simplesmente posso ficar em casa, envolta nos meus afazeres, ou então quando estou no aconchego dos lençóis e fico a escutar as melodias das gotas de chuva a cair...
Novembro chegou também com mudanças de hábitos e de estilos de vida que quero operar, não porque alguém o fez, ou porque está na moda, mas simplesmente porque sinto que tenho de o fazer e é importante e urgente fazê-lo. Não sei bem por onde começar, mas provavelmente irá ser por aqui a ler o livro da Rita Domingues "Guia rápido para simplificar a vida", que pode ser encontrado aqui e por uma ou outra tarefa doméstica para começar. Estou a precisar de arrumar as gavetas cá de casa e as gavetas da minha alma, por isso acho que vou começar pelo físico para depois chegar ao plano espiritual daquilo que quero.
Outra mudança que comecei e tenho de continuar a operar é a gestão de tempo. Com a chegada do Tomás o meu tempo livre tornou-se mais escasso, isto porque tenho principal objetivo passar tempo de qualidade com ele e porque também tenho outras milhentas tarefas domésticas a meu cargo, por isso tenho de disciplinar o meu tempo.
Uma coisa que tenho feito é escrever as tarefas, projetos que tenho de desenvolver ao longo do dia e outras (os) ao longo da semana, para que não fiquem esquecidas(os) e para que fiquem no enfoque daquilo que quero fazer. Não escolhi nenhum caderno especial, escrevo-as nas páginas da minha agenda em que não escrevi nada, e à medida que as vou fazendo vou riscando-as e fico assim, com a emoção de ter uma missão cumprida!

O meu objetivo é atingir o minimalismo de um modo pessoal e adequado ao meu/nosso estilo de vida em família:

Minimalismo s.m. tendência para simplificação e redução dos elementos constitutivos de (algo); princípio de reduzir ao mínimo o emprego de elementos ou recursos.

N:B.: Não concordo, mas por obrigação profissional e também para me ir habituando à ideia, aos poucos vou introduzindo o novo acordo ortográfico por cá.

quinta-feira, outubro 27, 2011

Dos meus dias...


Finalmente o Outono rompeu em força. Gosto do Outono e dos dias de chuva, mas confesso que já tenho e vou ter saudades dos passeios à beira mar em dia de Sol com o T. e dos fins de tarde na esplanada.
O Outono dá-me uma certa nostalgia. É tempo de mudança de renovação.
E eu sinto que também tenho de me renovar psicologicamente e sentimentalmente...

sexta-feira, outubro 07, 2011

☁ Recuperar



Gosto dos fins de tarde à beira mar, das gaivotas que esvoaçam pela praia, dos nossos passeios a três, do calor de verão em tempo de outono...
Deixam-me com a sensação de recuperar algum tempo perdido...

terça-feira, outubro 04, 2011

♥ 4 anos e 6 meses de nós ♥

♥ 4 anos e 6 meses de nós ♥

domingo, outubro 02, 2011

Aviso urgente!

Há cerca de uma semana atrás, quem tentava aceder este blog recebia uma mensagem de que se tratava um site com malware. A verdade é que, por motivos que me são alheios o blog Retalhos da Memória, sofreu de transferência e instalação de programas maliciosos sem o meu consentimento. Já retirei todos os gadjets (contadores, música, links, etc) e estamos em processo de limpeza do blog. Estamos a aguardar ainda resposta da equipa do google, no sentido de solucionar tudo isto e lutar contra este tipo de situações. Para já quem utiliza os browser's firefox e internet explorer pode aceder normalmente, apenas quem usa o google chrome é que continua a visualizar o aviso de malware.

Apesar de toda esta situação, continuaremos por aqui!

segunda-feira, setembro 26, 2011

2 meses de ti...

♥♥♥

♥ 2 meses
Sempre bem disposto e sorridente. Muito palrador... Descobriu as suas mãos e admira-as. Agarra na fralda e leva-a à boca. Fica "hipnotizado" com as cores vibrantes. Adora música!
Pesa 6545kg - alimentado apenas com leite materno ♥!

sexta-feira, setembro 23, 2011

Olá Outono...

Apesar das temperaturas ainda serem quentes, sente o cheiro de Outono pelo ar...
As imagens falam por si...

quarta-feira, setembro 21, 2011

O outro lado da maternidade cor-de -rosa



Se às vezes me queixava que o tempo voava, agora sinto-o literalmente voar, fluir sem que eu dê por isso mesmo.
A maternidade fez-me simplesmente optar por dedicar-me a 100% ao meu filhote em detrimento de outras coisas.
São muitos os momentos se insegurança, em que dou por mim a pensar, serei eu capaz, estarei eu a fazer o correcto? Com as dificuldades na amamentação, com o cansaço, com a falta de sono, com o baby blues, com outros problemas da vida, no meio deste turbilhão de acontecimentos e sentimentos, nasceu em mim definitivamente a Mãe-leoa, para fazer suas escolhas e trilhar seus caminhos próprios, defender/proteger a sua cria sem pedir desculpas nem licença a ninguém.
A verdade é que fiz orelhas moucas a muitos ditos e contos que me disseram ou tentaram dizer e decidi seguir o que meu instinto materno me diz e aquilo que o meu corpo e o do meu filhote me pedem. Estou a aprender a escutar o que nos dizem os nossos corpos que continuam ligados tal como se estivéssemos unidos pelo cordão umbilical. E apesar de me sentir muito cansada e exausta sinto-me feliz. Feliz por vê-lo crescer, vê-lo sorrir, dar com ele grudado no meu rosto, atento à minha voz... e de dia para dia o nosso vínculo vai crescendo cada vez mais...
O mais caricato da maternidade é que sempre ouvimos palpites de como fazer isto ou aquilo e normalmente são sempre contra às nossas atuações. Nunca ninguém nos conta o outro lado da história, das birras, dos choros desesperados que parecem deitar a casa abaixo, dos beicinhos, dos bebés que mamavam regularmente de 3h em 3h e dos que passam a vida a mamar, do desespero dos pais sem saber como atuar, etc, etc. Todos buscamos no fundo a perfeição na maternidade, mas do que me diz a minha pouca experiência neste área, é que tal perfeição é inexistente, pois os bebés não são seres automatizados para terem todos as mesmas reações aos estímulos que lhes são dados.
Vivenciar meu primeiro mês e meio como mãe, com todas as suas intensidades, medos e frustrações, fez com que todos os preconceitos e regras pré definidas se dissipassem, para deixar fluir o meu instinto maternal e seguir a minha voz interior, aquela que vem de dentro do meu coração.

Aprendi a confiar no meu instinto de mãe, antes de qualquer outra coisa.

sexta-feira, setembro 16, 2011

Little garden...

Apetece-me ter a casa repleta de mini-jardins.
Bom fim de semana!

terça-feira, setembro 13, 2011

De mansinho...




Sinto que o Outono está a chegar e mal tive a oportunidade de aproveitar o Verão...

segunda-feira, setembro 12, 2011

Estados de alma

A vida impõe-nos estados de alma diferentes...
Uns dias estamos em alta, outros mais em baixo e esses estados acabam por influenciar as nossas escolhas, as nossas vidas...
Mas o que importa agora é tentar prosseguir, deixar que a tempestade abrande e deixar-me ir ao sabor da corrente. Até porque pedras no caminho todos as temos e um dia quiçá também eu irei construir um castelo com elas, pena que neste momento sejam pedras a mais do que aquelas que eu consigo carregar...
Quero outro rumo e se não me deixam mudar o mundo, vou mudar apenas o meu mundo, o meu só o meu e não o que envolve adjacentes e vou tentar prosseguir nesta minha nova etapa...
A viagem pelo mundo da maternidade tem-me mostrado novos caminhos e novos rumos a seguir. Neste momento é o meu único alento e que me leva a prosseguir e a ter necessidade de mudar. Por isso vou apenas seguir o que me diz a minha voz interior... e revolucionar o meu mundinho!





quarta-feira, agosto 31, 2011

Dos meus dias...

Há dias em que os nossos olhos se enchem de falsas esperanças...
Há dias em que temos o coração triste e destroçado demais por aqueles a quem mais amamos...
Dias há em que sentimos falta de um aconchego, de um abraço apertado e sincero e que os teus olhos, na verdade nos digam simplesmente que está tudo bem, que a tempestade está a passar...
Há dias que vivo com receios pelo futuro que não se avizinha como eu sonhei, como eu desejei tanto que fosse...
Tenho medo e sinto-me só e incompreendida!...

sexta-feira, agosto 26, 2011

1 mês


O tempo voa...
1 mês de ti! E mais palavras acho que se dispensam...

segunda-feira, agosto 22, 2011

Mãe a tempo inteiro...

Este blog não está de modo algum esquecido! Mas, a maternidade, deixou-me com outras prioridades. E neste momento a minha prioridade é o Tomás.


É bom ver-te crescer de dia para dia, aprender a reconhecer os que os teus choros querem dizer, perceber-te pelo teu olhar as necessidades, que já se estendem um pouco mais para além do mamar e dormir...
É bom saber que aprecias a nossa companhia, que gostas que te afaguem o rosto com subtileza, que aprecias o meu sorriso e esboças sorrisos redobrados também, que gostas do banho...
E estás a crescer tão depressa, que brevemente completas já um mês de existência, por isso, grande parte do meu tempo é inteiramente dedicado a ti, para que nenhum momento possa ser passado em branco, isento de lembranças tuas... Há que absorver tudo até ao último minuto, segundo...

quinta-feira, agosto 04, 2011

.♥ 4 anos e 4 meses de nós ♥.




Com momentos de altos e baixos como tudo na vida, mas um amor que agora tem frutos...

terça-feira, agosto 02, 2011

Sou Mãe!

Depois de alguns dias de ausência, volto para vos dizer que já sou Mãe. Que palavra tão doce que me enche a alma e o coração de um orgulho babado e meloso.
O Tomás nasceu no dia 26 de Julho pelas 23.38h de cesariana (faz hoje precisamente uma semana), pesa 3825 kg e mede cerca de 51,50 cm.
Estamos ainda em recuperação, por entre choros, colinhos, mamadas, mudança de fraldas e cólicas... Com inseguranças e medos de uma viragem para o mundo da maternidade, mas que aos poucos tudo se vai clareando... e vou deixando-me seguir pelo meu instinto maternal...

segunda-feira, julho 25, 2011


♥ 40 semaninhas e 3 dias de aconchego em mim... ♥
Amanhã vamos a mais uma consulta de rotina, a ver vamos se há novidades...

domingo, julho 24, 2011

40 semanas e dois dias...


‎... e ainda continuas no aconchego da minha barriga...

sábado, julho 23, 2011

40 semanas e um dia...


40 semanas e um dia e continuamos ainda por cá de coração mais apertadinho que nunca devido à perda de uma pessoa muito querida. Temos agora [a sorte] de ter mais uma estrelinha no céu a brilhar e a olhar por nós...
As palavras são breves pois o coração ainda continua demasiado apertado e a digerir este acontecimento.
Obrigada às palavras de apreço que me foram chegando de amigos e conhecidos virtuais...

segunda-feira, julho 18, 2011

*+*+

Tenho andado nas rotina dos CTGs, fico ali a sonhar, a imaginar para quando será a hora de te ter nos meus braços... Até agora sem novidades, agora é esperar e gozar cada bocadinho destes últimos dias.
A semana começou muito cinzenta e eu fico na esperança de que nos tragas um pouco de paz, luz e esperança, de que estamos todos a precisar...
O teu quarto está pronto e está tudo à espera para te receber... Aqui fica um cheirinho em fotos:





Algo que li sobre as fraldas descartáveis e que é mesmo assustador. Sobre fraldas de pano reutilizáveis, opiniões agradecem-se, sim ou não?! Comprei umas quantas para experimentar a ver vamos...

Factos e realidades:
-uma criança utiliza 5500 fraldas durante seus primeiros 2 anos de vida;
- fraldas levam em média 450 anos a 500 anos para se decomporem;
- conta-se 5 árvores abatidas para 5500 fraldas descartáveis;
- em média, 2% do lixo recolhido correspondem à fraldas descartáveis
- um bilião de árvores são usadas, no mundo inteiro, por ano, para suprir a indústria de fraldas. Quanto é mil biliões de fraldas em termos de volume? Muita coisa mesmo, acho difícil de imaginar...
- no processo de branqueamento da polpa de madeira para fabricação do papel, (sendo que este também é utilizado nas fraldas), há libertação de dioxinas e também caso o lixo plástico (leia-se fraldas descartáveis idem) seja queimado.

domingo, julho 17, 2011

E se vos disser que...


estou orgulhosamente grávida... Acreditam em mim ;) ?!