quarta-feira, agosto 31, 2011

Dos meus dias...

Há dias em que os nossos olhos se enchem de falsas esperanças...
Há dias em que temos o coração triste e destroçado demais por aqueles a quem mais amamos...
Dias há em que sentimos falta de um aconchego, de um abraço apertado e sincero e que os teus olhos, na verdade nos digam simplesmente que está tudo bem, que a tempestade está a passar...
Há dias que vivo com receios pelo futuro que não se avizinha como eu sonhei, como eu desejei tanto que fosse...
Tenho medo e sinto-me só e incompreendida!...

sexta-feira, agosto 26, 2011

1 mês


O tempo voa...
1 mês de ti! E mais palavras acho que se dispensam...

segunda-feira, agosto 22, 2011

Mãe a tempo inteiro...

Este blog não está de modo algum esquecido! Mas, a maternidade, deixou-me com outras prioridades. E neste momento a minha prioridade é o Tomás.


É bom ver-te crescer de dia para dia, aprender a reconhecer os que os teus choros querem dizer, perceber-te pelo teu olhar as necessidades, que já se estendem um pouco mais para além do mamar e dormir...
É bom saber que aprecias a nossa companhia, que gostas que te afaguem o rosto com subtileza, que aprecias o meu sorriso e esboças sorrisos redobrados também, que gostas do banho...
E estás a crescer tão depressa, que brevemente completas já um mês de existência, por isso, grande parte do meu tempo é inteiramente dedicado a ti, para que nenhum momento possa ser passado em branco, isento de lembranças tuas... Há que absorver tudo até ao último minuto, segundo...

quinta-feira, agosto 04, 2011

.♥ 4 anos e 4 meses de nós ♥.




Com momentos de altos e baixos como tudo na vida, mas um amor que agora tem frutos...

terça-feira, agosto 02, 2011

Sou Mãe!

Depois de alguns dias de ausência, volto para vos dizer que já sou Mãe. Que palavra tão doce que me enche a alma e o coração de um orgulho babado e meloso.
O Tomás nasceu no dia 26 de Julho pelas 23.38h de cesariana (faz hoje precisamente uma semana), pesa 3825 kg e mede cerca de 51,50 cm.
Estamos ainda em recuperação, por entre choros, colinhos, mamadas, mudança de fraldas e cólicas... Com inseguranças e medos de uma viragem para o mundo da maternidade, mas que aos poucos tudo se vai clareando... e vou deixando-me seguir pelo meu instinto maternal...