quinta-feira, novembro 03, 2011

Arrumar as gavetas e outros afins...


Novembro chegou e com ele vieram as chuvas e trovoadas de Outono, que mais fazem lembrar um temporal de Inverno. Gosto de dias de chuva, quando simplesmente posso ficar em casa, envolta nos meus afazeres, ou então quando estou no aconchego dos lençóis e fico a escutar as melodias das gotas de chuva a cair...
Novembro chegou também com mudanças de hábitos e de estilos de vida que quero operar, não porque alguém o fez, ou porque está na moda, mas simplesmente porque sinto que tenho de o fazer e é importante e urgente fazê-lo. Não sei bem por onde começar, mas provavelmente irá ser por aqui a ler o livro da Rita Domingues "Guia rápido para simplificar a vida", que pode ser encontrado aqui e por uma ou outra tarefa doméstica para começar. Estou a precisar de arrumar as gavetas cá de casa e as gavetas da minha alma, por isso acho que vou começar pelo físico para depois chegar ao plano espiritual daquilo que quero.
Outra mudança que comecei e tenho de continuar a operar é a gestão de tempo. Com a chegada do Tomás o meu tempo livre tornou-se mais escasso, isto porque tenho principal objetivo passar tempo de qualidade com ele e porque também tenho outras milhentas tarefas domésticas a meu cargo, por isso tenho de disciplinar o meu tempo.
Uma coisa que tenho feito é escrever as tarefas, projetos que tenho de desenvolver ao longo do dia e outras (os) ao longo da semana, para que não fiquem esquecidas(os) e para que fiquem no enfoque daquilo que quero fazer. Não escolhi nenhum caderno especial, escrevo-as nas páginas da minha agenda em que não escrevi nada, e à medida que as vou fazendo vou riscando-as e fico assim, com a emoção de ter uma missão cumprida!

O meu objetivo é atingir o minimalismo de um modo pessoal e adequado ao meu/nosso estilo de vida em família:

Minimalismo s.m. tendência para simplificação e redução dos elementos constitutivos de (algo); princípio de reduzir ao mínimo o emprego de elementos ou recursos.

N:B.: Não concordo, mas por obrigação profissional e também para me ir habituando à ideia, aos poucos vou introduzindo o novo acordo ortográfico por cá.

1 comentário:

Rosângela Lima disse...

Lendo seu post, me senti como você se sente, em relação a ter que aprender a administrar o tempo. Acho que isso acontece com quem sabe fazer e quer fazer muitas coisas, parece que as 24h do dia não são suficientes. As vezes me dá uma ângústia, pois quero fazer mil e uma coisa ao mesmo tempo, começo algo aqui, outro ali, demoro a concluir, se não estou trabalhando em algo, acho que estou perdendo tempo, sabe? Mas um bom começo é listar tudo e ir riscando o que se fez. Eu comecei tb. a listar o que quero fazer por ordem de urgência e tá dando certo. acho que quando a gente lista, cria uma obrigação maior de executar a tarefa, né?

Bom, saudades do seu cantinho
Deus abençõe vc. e sua linda família.


Bjokas!!