quarta-feira, agosto 08, 2012

Bom dia!








Acordar pela madrugada bem cedo, ser a primeira a despertar, porque o meu relógio interior assim o quis, apesar de ter acordado umas quantas vezes de noite para amamentar o Tomás, ser acordada pela mãe natureza no seu estado bruto de perfeição, pelo chilrear dos pássaros que se preparam para as sua rotinas matinais, uma sensação de coração cheio, será certamente presságio de um bom dia!

Ver o imenso nevoeiro com que o dia amanheceu, pouco a pouco dissipar-se e dar lugar a um dia de sol e com ele mais um dia de praia se avizinha. A minha praia de infância. Retornar veio trazer-me memórias da minha infância, das brincadeiras de primos, dos banhos na água gelada, na apanha de conchas e búzios que insistíamos em trazer para casa. E agora é outra geração que corre pelas areias brancas de forma estonteante tal como eu já o fiz... O meu filhote já faz parte dessa geração e parece que a praia já faz parte do seu mundo, aliás o mundo é todo dele, é à conclusão que chego. E enterneço-me por conseguir permitir que cresças e te desenvolvas assim num mundo que é só teu e que outrora já foi só meu!
O cheiro intenso da terra que emana o seu odor inigualável, os fios tecidos que se emaranharam nos cabelos de quem passa por determinados lugares e que dão lugar a rendas meticulosamente tecidas...
O silêncio do dia que começa...
Madrugar para dar/ter oportunidade de um tempo só meu é algo que sempre que tenho disponibilidade e força física e até mental gosto de me proporcionar. Deleitar-me com uma torradinha quentinha e uma chávena de leite com café sentada no degrau da escada que dá para o jardim traz-me de novo memórias de tempos idos, que não ficaram esquecidos, simplesmente deram lugar a novos tempos, mas que deixam grande saudade. E chego mais uma vez à conclusão, que é aqui a este porto de abrigo que eu pertenço e que desejo um dia voltar e quem sabe definitivamente, como noutros tempos, mas agora carrego na bagagem mais sabedoria mais sapiência.
Deixo-vos com uma oração irlandesa que li no blog da Graça e que não hesitei em partilha-la também, porque hoje mais que nunca faz todo o sentido!

Oração Irlandesa

Trabalha com vagar- é o caminho para o êxito.
Pensa com vagar- é a fonte do poder.
Brinca com vagar- é o segredo da eterna juventude.
Lê com vagar- é a base da sabedoria.
Sé simpático com vagar- é o caminho da felicidade.
Sonha com vagar- é a maneira de atingires as estrelas.
Ama e se amado com vagar- é o privilégio dos Deuses.
Olha com vagar- o dia é pequeno demais para ser egoísta.
Ri com vagar- é a musica da alma.

Sem comentários: