sábado, agosto 31, 2013

Adeus férias....

As férias de verão acabaram!
Com ela fica o sentimento de não as ter aproveitado devidamente, quanto mais fazemos, fica ainda mais presente a sensação de que poderíamos ter feito mais. Sim, talvez seja isso, ou talvez não. Agora entramos numa nova fase, ritmo que irá requerer organização e ponderação. Contudo, há coisas que quero continuar a fazer e outros desafios a que me quero propor, para contribuir para o meu bem estar físico e psicológico. Para que não fiquem esquecidos, estou anotá-los a par da minha to do list semanal, a ver vamos os resultados que iremos ter, pois a isso temos que juntar uma grande dose de coragem e de esforço pessoal.
Para já temos intenção de aproveitar ainda os restinhos de fim de tarde, recarregar as baterias com sol, com os momentos em família, e de passeios pelo parque, a fim de nos prepararmos para a nova estação que inicia não tarda nada... e que para mim é uma estação de renovação.

sexta-feira, agosto 30, 2013

Educar a crescer livremente









Educar não é uma tarefa fácil!
Por cá tenta-se que o T. cresça saudavelmente e em contacto pleno com a natureza, para que desde cedo aprenda a amá-la e respeitá-la.
Sinto que crio e educo um filho feliz...

sábado, agosto 24, 2013

Listar e organizar projetos, algumas considerações

Em tempos, partilhei convosco a necessidade de listar os meus projetos, a verdade é que alguns consegui terminar, outros precisam de ainda um pouco mais de tempo (não sei se dias, ou anos), contudo consegui tirar as seguintes ilações, que uma vez mais passo a partilhar:

 1. Trabalhar num projeto, seja  de que natureza for, implica que esse projeto seja terminado, para isso devemos focar-nos e comprometer-nos em acabá-lo e fazer um juramento a nós próprios, que não avançamos com outro antes que este esteja terminado. Por outras palavras uma coisa de cada vez.

2. Programar minuciosamente o projeto em causa, assim evitamos perda de tempo em coisas que não são necessárias.

3. Trabalhar de acordo com o programado e não consoante o humor. Apesar de haver situações em que temos mesmo de parar no momento certo.

4. Trabalhar por etapas. E se possível todos os dias ir desenvolvendo um pouco mais do projeto que estamos a desenvolver.

5. Trabalhar com prazer.

sexta-feira, agosto 23, 2013

"Ano comum" e boas leituras

 [...]És linda. E nem sabes quantos pedaços de beleza tive de juntar para chegar a esta conclusão. Para te construir, tive de misturar a conspiração das searas com a tristeza do choupo, a inquietação da cotovia com o cheiro lavado do vento do ocidente. E a firmeza repartida dos livros, com a alegria explosiva dos miosótis e a luz escura das violetas. Juntei depois um pouco de ansiedade das estrelas, a paciência das casas à beira da falésia, a espuma da terra, o respirar do sul, as perguntas de gesso que se fazem à lua. Acrescentei-lhe a canção das margens e pequenos pedaços da angústia do olhar. Não esqueci a intimidade do frio nem a dor branca que habita o coração dos muros. Por fim, deitei na tua pele o sono dos alperces, aos teus músculos prometi a violência das cascatas, no teu sexo acordei a memória do universo.
A tua beleza está no meu desejo, nos meus olhos, na minha desigual maneira de te amar. És linda, repito. Mas tenta não encarar o que te digo como um elogio.[...]


                                                                                      Joaquim Pessoa, in 'Ano Comum'


segunda-feira, agosto 12, 2013

Dias de preguiça!


Uma semana que se inicia com uma preguicite aguda {grave}, já se listou a to do list para esta semana, mas, hoje vive-se o ritmo lento de um fim de semana cansativo, mas muito bom, entre família e amigos. E claro, o resultado está à vista.... cansaço e muiiitaaaaa preguiça!!!
O tempo também não ajuda, pois acordou mais ou tão ensonado quanto eu...
Contudo vai ser uma semana de decisões que quero muito tomar e colocar em prática...
E para já vou até à cozinha para preparar uma boa dose de cafeína, pois hoje estou tão precisa disso e depois vamos deixar correr o dia ao som de melodias como esta:



Tenham uma boa semana!

sexta-feira, agosto 09, 2013

{ Doce de physalis }




1kg de physalis sem as pétalas exteriores
900 gramas de açúcar
4 gotas de sumo de limão

Lavam-se muito bem as physalis e colocam-se num tacho juntamente com o açúcar, deixa-se cozinhar lentamente até atingir o ponto de estrada. Acrescentam-se as gotas de limão e mistura-se tudo muito bem. Enfrascar imediatamente em frascos esterilizados e fechar.




quinta-feira, agosto 08, 2013

DIY: Fogão de cartão


Por cá, não há brinquedos de meninos e brinquedos de menina, tudo serve para brincar, educar e tirar o máximo partido do que se está a fazer. No fundo o que importa é passarmos momentos juntos e realizarmos aprendizagens coletivas.


Como fazer?

1. De uma caixa vazia de cartão (esta era de vinhos) retirou-se toda a fita cola e uniu-se as aberturas com fita de papel de pintor.
2. Com cola branca (misturada com um pouco de água, (a mesma porção de ambas), e papel de cozinha (mas podem também usar jornal) revestiu-se a caixa em duas camadas e deixou-se secar.
3. Desenharam-se a lápis os contornos da porta do forno, dos bicos do fogão e outros pormenores.
4. Para os botões do fogão usaram-se tampas de detergente, para fazer os bicos do fogão reutilizaram-se dois cds estragados e recortou-se pelo contorno a porta do forno.

Agora é só dar asas à imaginação!



Aproveitar o tempo para ler e cultivar { às vezes sinto-me como uma camponesa}...


Este foi o último livro que acabei de ler. Um livro imponente, que nos faz refletir e pensar em questões do que vai para além da morte, da forma como vivemos e agimos... E que nos relembra que há sempre uma vida para além da morte...



Pela nossa pequena horta, replantam-se alfaces, renovam-se as mudas das ervas aromáticas, os tomates pêra começam a amadurecer, nos morangos ainda se avistam flores que em breve darão de novo fruto, o mirtilo tem as folhas avermelhadas, o arbusto das framboesas cresce a olhos vistos, mas só irá dar fruto no próximo ano, há um limoeiro novinho que penso que ainda dará fruto este ano, semeou-se de novo rúcula, alface milho, agrião de jardim e espinafre de folha redonda, os cogumelos continuam a produzir... E há sempre tanto a fazer e a renovar, mas sabe bem este contacto direto com a terra e com a mãe natureza... {às vezes sinto-me como uma camponesa...}

quinta-feira, agosto 01, 2013

Uma manhã silenciosa...

Aproveitar a silenciosa manhã, em que acordei mais cedo do que o habitual em tempo de férias já que senti o corpo {fisicamente} mais descansado, apesar da fortíssima dor de cabeça que se faz sentir desde ontem...
Mergulhar num taça de leite magro quente acompanhada com duas colheres de café solúvel do mais forte que conheço e uma nozinha de açúcar só para enganar o travo amargo do café, acompanhado de uma fatia generosa de pão com queijo creme e uma colherinha de compota de mirtilos vermelhos... Ah... que bem que sabe! Pega-se na agenda e traçam-se os projetos e afazeres para a semana de hoje, sem pressas tudo a um ritmo lento a que as férias impõe por si só naturalmente...
Aproveitar para explorar um pouco mais o site da Loiranne Pascale,  e dar asas aos dotes culinários, às saladas, com legumes frescos e cheios de cor, como tanto apetece nesta estação.


E ao dia de hoje, tenho a acrescentar: "quem nunca errou que atire a primeira pedra"!

2018: 365 novas oportunidades

E assim de repente, apeteceu-me simplesmente voltar...