domingo, março 02, 2014

O ínicio...

{Para começar, já quem nem sempre sei por onde começar...}
Adoro a boa comida portuguesa, o pão, as sardinhas assadas, o bacalhau com broa, o polvo à lagareiro, um bom bife, até à simples pescada cozida com todos. E à custa disso, mais de umas faltas de cuidado, de um deixa andar. Resolvi colocar um basta e dar a mim mesma uma nova oportunidade. Já tinha procurado anteriormente nutricionistas e especialistas em saúde alimentar, mas a coisa sortia sem grandes efeitos e porque vinha também sempre com carradas de medicações e digamos que sentia-me mais entupida por toxinas do que livre dos meus quilinhos extra.


De repente há um livro que me vem parar assim à mão: dieta dos 31 dias. Desfolhei-o, estive tentada a comprá-lo, mas à última voltei a desistir e a pousá-lo na prateleira. Um dia destes encontrei assim meio ao calhas em formato pdf, parecia que tudo conspirava a nosso favor. Num instante dei por mim a devorá-lo, a tomar notas, a procurar críticas, prós e contras... e de repente fez-se uma luzinha cá dentro e disse para mim mesma vou experimentar, se bem não fizer, provavelmente mal também não fará!
 Esta dieta é uma dieta proteica, na qual se elimina quase a totalidade de hidratos de carbono, para serem reintroduzidos numa fase posterior e promete a perda de 3 a 5kg por mês.
Já interiorizei a lista de alimentos que me são permitidos e não permitidos, já planeei o meu regime alimentar para uma semana. Dia 10 de março é o dia escolhido para iniciar. Agora até lá vou despedir-me por uns tempos daqueles alimentos que mais falta me fazem, as massas, o couscous, o pão...


Sem comentários: