quinta-feira, fevereiro 18, 2016

Cash envelope system

Este sistema de organização financeira, foi implementado por Dave Ramsey, podem ler aqui mais algumas dicas no seu site.
Dave Ramsey, parte do principio que ao pagarmos as nossas despesas com dinheiro físico e não com cartão de crédito ou outro tipo de cartão, ficamos mais conscienciosos de como e quanto gastamos, temos em conta o quanto nos custou, a ganhar o dinheiro que temos em mão.

Depois de ler alguns testemunhos a este respeito tentei criar um exemplo de orçamento para Cash envelope system, no qual os valores indicados são meramente exemplificativos, cada um deverá adaptar às suas realidades, por exemplo se  possui carro deverá criar um envelope para despesas de manutenção de carro e outro para combustível, se levar marmita para o trabalho, o envelope da despesa da restauração terá um valor menor, etc.
Em caso de sobrar algum dinheiro esse pode ser mantido no respetivo envelope ou ser redirecionado logo para uma poupança, ou para um envelope extra para emergências.

Envelope 1 - Será  um envelope de carácter virtual que contem a renda/prestação da casa, àgua, luz/gás natural, tv/net/telefone, telemóvel, almoços escolares:  490€

Envelope 2 - Despesas de transporte (metro, autocarro, táxi...): 40€

Envelope 3 - Despesas de supermercado: 120€

Envelope 4 - Despesas de saúde: 40€

Envelope 5 - Despesas de Restauração (incluí almoços diários, almoços de família, lanches e cafezinhos): 30€

Envelope 6 - Despesas de Veterinário: 25€

Envelope 7 - Despesas com prendas de aniversário: 15€

Envelope 8 - Despesas de vestuário: 20€

Envelope 9 - Despesas para hobies: 10€ 

Envelope 10 - Despesas extra para emergências: 20€

Vou tentar usar este sistema, mal receba o meu salário! Depois digo-vos como está a correr.
E por aí sentem-se tentados? Já experimentaram? Partilhem também as vossas experiências.



Estratégias financeiras

 Imagem retirada da web

Ainda numa onda de poupanças e estratégias financeiras, eis uma série de medidas a ter em conta e sobre as quais me quero debruçar mais atentamente:

 1º analisar rendimentos/despesas;
 2º registar todas as despesas (folha de excel, kakebo, handwallet expense manager)*
 3º estabelecer um orçamento*
 4º experimentar o sistema cash envelope system;
 5º estabelecer uma poupança automática (projecto 52 semanas*, poupança bancária*, lata I wish...)
 6º encontrar formas de aumentar rendimentos (vender objetos que não se usam...)
 7º Rever contas bancárias e formas de investimento
 8º abrir um PPR

* medidas em curso

sexta-feira, fevereiro 12, 2016

52 semanas de poupança

A propósito do Programa Contas Poupanças da SIC, que nunca perco um episódio e por coincidência em andar a falar para os meus botões que estava com necessidade de voltar a anotar todos os meus gastos financeiros para me (re)orientar e reorganizar ao nível económico, eis que surge a abordagem do projeto 52 semanas de poupança

Desafiodas52semanas_1.jpg
Já o tinha visto o ano passado pela rede social do facebook, confesso que o olhei, mas não me senti tentada.  Mas desta vez a ideia começou a amadurecer e pensei, porque não tentar!!? Digamos que desde outubro de 2015 a janeiro de 2016 as despesas tiveram um aumento substancial: arranjos do carro, Natal, fatura da luz/gás natural, veterinário.. Bem foram uns meses mais difíceis.
Tentar não custa e quando realmente queremos poupar, as pequenas vitórias são muito importantes e daí resolvi tentar. Ia comprar um daquelas mealheiros em lata para não correr riscos de cair em tentações, mas quando vi o preço deles, pensei que o dinheiro que ia dar para o comprar representava já 4 semanas do projeto da poupança. Voltei a pousar o dito, e optei por utilizar uma lata de metal das muitas que guardo lá por casa (uma paixão!!) e conclusão já consegui lá colocar algum dinheirinho de lado. 
Agora que me comprometi com este projeto, vou organizar o meu orçamento mensal e mal receba vou tentar colocar logo um dos valores mais altos de poupança, a ver se é desta que consigo voltar a ter um fundo de emergência mais rechonchudo.

Paralelamente, pensei em ir juntando aleatoriamente e quando for possível alguns trocos para ver se chegamos às férias com direito a um fim-de-semana de vá para fora cá dentro.
E por aí, não querem experimentar?!

quarta-feira, fevereiro 10, 2016

"cultive uma boa vida e grave-a"



Tenho várias paixões!
Entre elas uma que se tem destacado mais nos últimos tempos, os papéis. Das minhas mãos os papéis vão surgindo em forma de scrapboking, scrapdecor e de project life e até mesmo de cardmaking. Aqui ficam alguns exemplos:







Tenho em mãos o Project Life do Tomás e que aos poucos vou construindo mediante as fotografias que vou podendo mandar imprimir. Costumo mandar imprimir a partir daqui, é o local mais económico que até agora encontrei em relação a qualidade/preço.
Quando iniciei o álbum do Tomás, comecei por usar o tamanho A4 e tamanho A5 para as páginas, agora deixei-me levar pela grandeza do projeto e comecei a utilizar páginas de scrapbooking e de PL de 30cm X 30 cm. E lá vou dando asas à imaginação e recorrendo a novos materiais e técnicas que vou descobrindo.
Aqui ficam alguns exemplos:









Paralelamente tenho intenção de construir um project life com os registos fotográficos e escritos que conseguir durante o ano de 2016. Decidi que este registo iria ser realizado no tamanho A5. Os registos serão de carácter mensal e não de semana a semana como é mais usual ver-se no Project Life, ou seja vou versar-me nos momentos mais importantes de cada mês. Aqui fica um pequeno registo do que já tenho em mãos:




 Obs.: De momento o blog não me permite alterar a rotação da foto. Quando for possível volto a editá-las!

Para quem quiser conhecer a criadora deste projecto aqui fica, Becky Higgins.Deixe-se levar pelo seu lema e cultive uma boa vida e grave-a {num álbum de memórias}.



terça-feira, fevereiro 09, 2016

As voltas da vida

Começamos o ano cheio de atribulações e quando pensamos que as coisas se estão a recompor levamos com mais uma. São as voltas que a vida nos dá para nos testar se estamos aptos a enfrentar novos desafios ou não. E este último, encarado com uma possibilidade de perda... Deixou-me sem forças, bati no fundo, pois não estava nem estou preparada para tal. Felizmente avistamos uma luzinha lá no fundo do túnel... Já o temos cá em casa a antibiótico e com todos os mimos e cuidados possíveis e está a recuperar bem. Para a semana voltamos ao veterinário para ver como está... Agora há que reerguer e voltar a vida, um dia de cada vez!


sábado, fevereiro 06, 2016

🐱

 Por  cá vivem-se momentos  de angústia. Temos o nosso gato, o Jonas, com uma pneumonia e está internado e em estado critico... 